O polêmico voto secreto mais uma vez volta para a pauta de votação na Câmara de Vereadores de Guarapari. Na próxima sessão, que está marcada para o dia 02 de dezembro, próxima terça-feira, o projeto de lei que acaba com o voto secreto vai ser colocado em pauta para a votação.

O projeto de lei, que é de autoria do vereador Thiago Paterlini (PMDB), precisa ser aprovado em dois turnos na Câmara de Vereadores para virar lei.

P1000273
O fim do voto secreto será votado na próxima terça-feira. Foto: João Thomazelli – Portal 27

Atualmente o voto secreto é permitido para votações que derrubam veto do prefeito, cassação de vereadores e prefeito, eleições da mesa diretora da Casa, aprovação de contas da prefeitura e nas eleições das comissões permanentes e provisórias da Câmara.

P1000283
Thiago Paterlini (PMDB) é o autor da lei. Foto: João Thomazelli – Portal 27

“A lei que acaba com o voto secreto da mais transparência para a sociedade acompanhar o seu representante na Câmara. Sabendo como vota o seu vereador, a sociedade consegue avaliar melhor o desempenho dos vereadores”, justificou o vereador Thiago Paterlini.

O presidente da Câmara de Vereadores, José Wanderlei Astori (PDT) também é a favor do projeto de lei e foi mais incisivo na justificativa. “Eu sou a favor do fim do voto secreto sim. Quem vota tem que mostrar a cara”, declarou.

Esta é a segunda vez que o fim do voto secreto é discutido pela Câmara de Vereadores. Em 2013 o mesmo vereador já tentou aprovar o fim do voto secreto em Guarapari, mas, por falta de tempo, o projeto acabou sendo votado apenas em um turno. (Confira aqui e aqui)

P1000288
Vanderlei: “Quem vota tem que mostrar a cara. Foto: João Thomazelli – Portal 27

A Câmara de Vereadores de Guarapari é a única casa de leis da região metropolitana que ainda faz uso do voto secreto para aprovar ou rejeitar projetos de lei colocados em pauta.

Por ser uma lei que regulamenta o regimento interno da Câmara, se aprovada, a lei não precisa ser sancionada pelo prefeito. A sessão para votação do projeto está marcada para começar às 15 horas.

Deixe seu comentário