Guarapari, por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SEMSA), iniciou no dia 15 de abril a sua campanha de vacinação contra gripe. O dia “d” foi no último sábado (20), mas até a próxima sexta-feira (26) será possível se vacinar. Em Guarapari, todas as unidades de saúde irão vacinar o público da campanha. A vacina é injetável e intramuscular.

Meta de vacinação do município de Guarapari

PÚBLICO ALVO

CRIANÇAS DE 6 MESES À MENORES DE 2 ANOS

TRABALHADORES DE SAÚDE

GESTANTES

PUERPERAS ATÉ 45 DIAS APÓS O PARTO

IDOSOS

TOTAL

QUANTITATIVO

2.469

1.432

1.235

203

11.672

17.010

Recomendações

Vacinação é importante. Foto: Divulgação.
Vacinação é importante. Foto: Divulgação.

Pessoas que estiverem passando por algum processo infeccioso com quadro de febre devem aguardar em média 7 dias após a melhora para serem vacinadas (como nos casos de dengue). Pessoas que apresentaram quadro de choque anafilático em doses anteriores e possuem alergia a ovo não devem tomar a vacina. Segue abaixo a relação de doenças crônicas estabelecidas pelo Ministério da Saúde com direito a receber a vacina da gripe.

Categoria de risco clínico – Indicações

Doença respiratória crônica;

Asma em uso de corticóides inalatório ou sistêmico (Moderada ou Grave);

DPOC;

Bronquioectasia;

Fibrose Cística;

Doenças Intersticiais do pulmão;

Displasia broncopulmonar;

Hipertensão arterial Pulmonar;

Crianças com doença pulmonar crônica da prematuridade;

Doença cardíaca crônica;

Doença cardíaca congênita; Hipertensão arterial sistêmica com comorbidade; Doença cardíaca isquêmica; Insuficiência cardíaca;

Doença renal crônica;

Doença renal nos estágios 3,4 e 5;

Síndrome nefrótica;

Paciente em diálise.

Doença hepática crônica;

Atresia biliar;

Hepatites crônicas;

Cirrose;

Doença neurológica crônica;

Condições em que a função respiratória pode estar comprometida pela doença neurológica;

Considerar as necessidades clínicas individuais dos pacientes incluindo: AVC, Indivíduos com paralisia cerebral, esclerose múltipla, e condições similares; Doenças hereditárias e egenerativas do sistema nervoso ou muscular;

Deficiência neurológica grave;

Diabetes;

Diabetes Mellitus tipo I e tipo II em uso de medicamentos;

Imunossupressão;

Imunodeficiência congênita ou adquirida;

Imunossupressão por doenças ou medicamentos;

Obesos;

Obesidade grau III;

Transplantados;

Órgãos sólidos;

Medula óssea.

Com informações da PMG.