Um homem foi preso pela polícia de Guarapari, após ter objetos que ele vendia pela internet, reconhecidos por pessoas que tiveram vários itens roubados. Entre os itens estavam oito televisores, dezenas de joias e aparelhos de som foram, que recuperados pela Polícia Civil, após as vítimas identificarem que os produtos estavam sendo vendidos em sites na internet.

João Lucas Madeira Pegado, 23 anos, morador de Vila Velha, foi preso e confessou à polícia que foi um dos responsáveis pelos furtos, e cometeu o crime porque estava desempregado e precisava pagar umas contas. As outras três pessoas conduzidas junto com João Lucas foram liberadas.

Entre os itens estavam oito televisores, dezenas de joias e aparelhos de som foram,

Interior. Os furtos aconteceram nos últimos quatro dias, na região de Andana, interior de Guarapari. Após os furtos, uma das vítimas resolveu procurar pelas três tv’s no site OLX e acabou encontrando à venda um dos aparelhos. “Eu reconheci por causa do número de série da tv, que batia com a nota fiscal. Em outra foto, eles mostravam uma tv e no canto a caixa de jóias da minha esposa que também foi levada pelo ladrão no dia do furto”, contou uma das vítimas.

TVs. Na manhã de segunda-feira, a vítima procurou a delegacia e mostrou os anúncios das tv’s furtadas. Os agentes já estavam investigando os crimes e com a informação, começaram a fazer contato com os vendedores das tv’s.

Roubadas. Já na noite desta segunda os policiais conseguiram a localização de um dos vendedores e ainda se passando como clientes, chegou ao local. Enquanto os policiais conversavam com um dos suspeitos outro chegou de carro com uma tv de 42 polegadas para ser vendida. Foi verificado que esta tv também era roubada.

Os furtos aconteceram nos últimos quatro dias, na região de Andana, interior de Guarapari.

GPS. Já detido, ele não queria que os policiais fossem à sua casa, mas através do histórico do GPS os policiais chegaram à casa dele e lá encontraram várias tv’s, videogames, caixas de som, aparelho de som e até edredons que haviam sido roubados na sexta-feira de uma das casas.

Ele admitiu os furtos e disse que saia de carro com um comparsa e ao passar em frente a uma casa que eles achavam que estava fácil de entrar, paravam e praticavam o crime e depois vendiam os aparelhos pela internet.

Patrimonial. Os produtos recuperados estão na Delegacia Patrimonial de Guarapari. Se alguém teve a casa furtada recentemente e acredita que os produtos possam estar entre os recuperados pela polícia, basta procurar a delegacia com a nota fiscal do produto em mãos ou uma foto que comprove a aquisição do produto, e fazer a verificação. João Lucas foi atuado pelos furtos e por receptação em flagrante.

Deixe seu comentário