Duas mulheres foram presas com 65 pedras de crack na noite desta terça-feira (30), no bairro Coroado, em Guarapari. Mãe e filha foram detidas após diversas denúncias anônimas de que elas estavam comercializando a droga há cerca de um mês em um bar.

IMG-20141002-WA0077
65 pedras de crack e dinheiro proveniente da venda de drogas foram encontrados no bar.
IMG-20141002-WA0076
Alieuza confessou que vendia droga há um mês.

Os policiais da Delegacia de Tóxico e Entorpecentes do município foram até o local, onde apontavam as denúncias de tráfico intenso. Ao chegarem ao estabelecimento, foram recebidos pela proprietária, Alieuza Souza Nascimento de 47 anos, e a filha Taccia Nascimento da Silva, 20, que ficaram nervosas com a presença dos policiais.

IMG-20141002-WA0071
Taccia disse que tentou esconder a droga para ajudar a mãe.

Taccia, que está grávida, disse que estava passando mal e pediu para se retirar do local e ir para casa, que fica aos fundos do comércio. Um dos policiais a seguiu e viu quando Taccia jogou uma sacola em cima do telhado, momento este que os policiais ouviram um barulho parecido com o de uma pedra, caindo no telhado. O Delegado David Gomes realizou uma vistoria no local e encontrou a sacola , que contia 65 pedras de crack, prontas para a venda. Enquanto isso, um policial seguiu a filha, e a encontrou jogando um sacola em cima do telhado e apreendeu, onde foram localizadas mais 120g da mesma droga.

Na delegacia, Taccia afirmou aos policiais que tentou esconder a droga no telhado para ajudar a mãe. Diante das informações, Alieuza acabou confessando que vendia o entorpecente no bar, há cerca de um mês . Ambas foram detidas e autuadas em flagrante por tráfico de drogas.

Deixe seu comentário