A Polícia Militar de Guarapari fez um balanço das apreensões de armas nos cinco primeiros meses de 2015 e os números impressionam. Até o dia 31 de maio, foram retiradas das ruas 71 armas de fogo. O levantamento foi feito pelo 10º Batalhão da PM a pedido do Portal 27. O maior número de apreensões foi feito pela da 1ª Cia, com 27 armas retiradas das ruas.

Um aumento expressivo de apreensões de armas de fogo ocorreu na área da 3ª Cia, que atende a região Norte da cidade, englobando os Bairros Portal, Jabaraí, Grande Santa Mônica e Setiba. Até o fim do mês passado foram 20 armas retiradas das ruas. No mesmo período do ano passado, foram apreendidas 12 armas pela 3ª Cia.

dois revólveres, além de 33 munições foram apreendidas. foto: João Thomazelli/Portal 27
Armas apreendidas pela PM este ano em Guarapari. Foto: João Thomazelli/Portal 27

Os policiais da 2ª Cia foram responsáveis por retirar de circulação 15 armas de fogo, contra 13 do mesmo período do ano passado. Em todo o ano passado, foram recolhidas 125 armas de fogo em Guarapari.

O número expressivo nas apreensões de armas de fogo na cidade se dá por causa do aumento de abordagens a pessoas em atitudes suspeitas no município. Outro fator é que a população tem contribuído com o trabalho da polícia, fazendo denúncias ao verem pessoas armadas pela cidade.

“Esse resultado na quantidade de armas apreendidas se deve ao aumento no número de abordagens a veículos e bares da cidade, bem como às operações de busca e apreensão em residências suspeitas de estarem com armas e drogas. Muitas destas informações chegam à PM por meio do disque denúncia, com a colaboração da população”, explicou o Capitão Lourencini, chefe do setor de planejamento estratégico do 10º Batalhão.

Lourencini disse ainda que o número de apreensões de armas está ligado diretamente à diminuição no número de homicídios na cidade. “Vale ressaltar uma significativa diminuição do número de homicídios em Guarapari, quando se compara o mesmo período de janeiro a maio de 2014 e de janeiro a mai de 2015: redução de 39%, que é fruto de um esforço em conjunto entre a Polícia Militar e a Polícia Civil em Guarapari”, finalizou.

Deixe seu comentário