Uma morte que aconteceu na noite de ontem (15), dentro de um cemitério de Guarapari, seria por causa da dívida de uma bicicleta. Neste crime, um jovem de 19 anos foi morto a tiros dentro do cemitério São Tobias, no bairro Coroado e seu pai levou um tiro no braço ao tentar defender o filho.

Jovem de 19 anos foi morto a tiros dentro do cemitério São Tobias

Segundo o pai, o ajudante de pedreiro Josenildo dos Santos, 45 anos, o filho Josenilton França dos Santos, foi por morto por causa dessa dívida. Ele teria vendido a bicicleta há dois meses, por R$ 400. Na noite de ontem, eles teriam marcado de pagar a dívida. Mas os negociadores estavam armados e acabaram matando o jovem.

O filho foi morto ao lado de um túmulo. Segundo populares, eles ouviram pelo menos seis tiros, por volta das 20h. Quatro atingiram o jovem, e um atingiu de raspão, o braço do pai. A Polícia Militar localizou o carro dos atiradores, fez buscas, mas eles conseguiram fugir ao perceberem a chegada da polícia. A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) investiga o caso.