A informação divulgada hoje,  com base em informações do jornal O Globo e do Gazeta On line de que o ex-prefeito da Serra, Sérgio Vidigal, atual secretário de Políticas Públicas do Emprego do Ministério do Trabalho, teria sua prisão decretada foi desmentida hoje pelo  pela Polícia Federal.

De acordo com o gazetaonline, a superintendência da PF em Brasília esclareceu, no início da tarde desta terça à reportagem multimídia da Rede Gazeta, que não há contra Vidigal nem mesmo mandado de prisão preventiva.

Vid2
Vidigal está em uma missão oficial do Ministério do Trabalho.

O ex-prefeito está em Bogotá, na Colômbia, em uma missão oficial do Ministério do Trabalho e negou que tenha ocorrido o cumprimento de mandado de busca e apreensão no gabinete dele, em Brasília.

A matéria do jornal O Globo dizia que o ex-prefeito da Serra e atual secretário de Políticas Públicas de Emprego, Sérgio Vidigal, teve a prisão preventiva decretada nesta segunda-feira (9), a partir da Operação Esopo, da Polícia Federal, contra desvios de verbas no Ministério do Trabalho. Até o momento 22 pessoas foram presas.

Maiores informações a qualquer momento.

Deixe seu comentário