As chuvas fortes que atingem o Estado deixaram mais desabrigados e desalojados. Na cidade de Viana, que decretou situação de emergência, mais de 400 pessoas precisaram sair de suas casas.

A Defesa Civil divulgou em boletim que as cidades com os maiores acumulados de chuva das últimas 24 horas são Santa Leopoldina (118,8 mm), Cariacica (104,91 mm), Viana (99,16 mm), Vila Velha (88,93 mm), Vitória (87,37 mm), Itapemirim (80,73 mm), Piúma (79,4 mm), Nova Venécia (69,42 mm), Ibiraçu (65,07 mm) e Serra (62,4 mm).

A Defesa Civil do Espírito Santo permanece em estado de alerta e o Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper) emitiu um alerta para chuvas intensas no Estado que vale até quinta (14).

Guarapari. No bairro Bela Vista, um muro de aproximadamente 5 metros desabou em cima de uma casa nesta terça-feira (12). De acordo com um morador, o imóvel teve sua cozinha completamente destruída. A Defesa Civil municipal interditou algumas casas da região.

Em nota, a Prefeitura de Guarapari informou que seis casas precisaram ser interditadas e que 15 moradores foram encaminhados para casas de familiares. “Nesta quarta (13) as equipes da Secretaria de Trabalho, Assistência e Cidadania (Setac) que atuam no Cras do Bela Vista, farão o atendimento assistencial dessas famílias”, afirma, em nota.