Policiais Federais que estão na Delegacia de Polícia Federal em Cachoeiro de Itapemirim (ES), na manhã de quinta-feira (8), deflagraram a “Operação Cofre-Forte” a fim de prender os responsáveis pelo furto de um cofre contendo uma certa quantia em dinheiro. Policiais ainda não informaram qual seria o valor em espécie. O Fato ocorreu na Agência dos Correios no Município de Marataízes, região sul do Espírito Santo, na madrugada do dia 04 de Fevereiro deste ano.

Sem-Título-7-516x340
No dia do furto, os criminosos arrombaram uma porta de aço existente na lateral da agência, entraram em seguida e foram direto ao local onde estava o cofre de aproximadamente 200 quilos.

A polícia suspeita-se da participação de uma servidora daquela Agência, e de pelo menos outras três pessoas que participaram do crime. Foi cumprido um mandado de prisão preventiva e dois mandados de busca e apreensão, um deles na própria agência dos correios, resultando em uma prisão.

Os suspeitos poderão responder pelos crimes de Furto e Formação de Quadrilha.
Os suspeitos poderão responder pelos crimes de Furto e Formação de Quadrilha.

Na ação, os responsáveis pelo furto, após arrombar uma porta de aço existente na lateral da agência, adentraram onde estava localizado o cofre de aproximadamente 200 quilos, onde ficaram por aproximadamente uma hora em seu interior, fugindo logo em seguida pelos fundos, passando por um buraco aberto no muro.

A Policia Federal continua em diligências a fim de identificar os outros três partícipes e recuperar o cofre furtado. Os acusados poderão responder pelos crimes de Furto e Formação de Quadrilha (artigos 288 e 155 § 4º, incisos I e IV) se condenados poderão pegar pena de até 08 (oito) anos.

Deixe seu comentário