A praia de Meaípe, uma das mais procuradas de Guarapari, sofre há anos com a falta de investimentos contra o avanço do mar. Com a ressaca dos últimos dias e a destruição causada no local, na tarde de hoje a orla da praia foi totalmente isolada pela Defesa Civil do município.

No último sábado (05), parte de um barranco e até uma castanheira foram arrancadas pela força das águas. “Isolamos toda a área da orla de Meaípe para dar mais segurança as pessoas. Temos previsão de ondas de até 4 metros em nosso litoral. Por isso, isolamos a área e pedimos que as pessoas não se aproximem”, explicou, Romildo Scalzer, que é coordenador da Defesa Civil Municipal.

Orla da praia foi totalmente isolada na tarde de hoje pela Defesa Civil do município. Foto:Defesa Civil

Ainda seguindo Romildo a orla de Meaípe tem sido monitorada e mapeada pelo órgão devido a situação em que encontra. “As ondas estão batendo forte e a previsão é de ficar ainda pior. Pedimos que surfistas, pescadores não entrem no mar ou que pessoas curiosas não se aproximem. Junto aos outros órgãos da prefeitura estamos monitorando até o asfalto, pois uma senhora se machucou devido a uma parte do terreno ceder”, disse.

Romildo pede que os comerciantes e moradores ajudem. “Pedimos que os comerciantes removam as cadeiras e orientem as pessoas para não se aproximarem. É  preciso respeitar a área isolada para evitar acidentes”, disse.

Obras. A prefeitura de Guarapari afirmou ao Portal 27, que está elaborando um projeto e realiza procedimento para contratação de empresa de engenharia para execução de obras de contenção da Orla, através de Secretaria Municipal de Obras.  



A orla de Meaípe tem sido monitorada e mapeada pelo órgão devido a situação em que encontra.Foto:Defesa Civil

Ainda, a Secretaria Municipal de Projeto e Empreendedorismo (SEMPROEM), há um projeto pronto de Reurbanização da Orla que está na Superintendência de Patrimônio da União (SPU) faltando pequenos detalhes para liberação total e posterior realização.

Os recursos para execução estão firmados em parceria com a Samarco, por meio de contrapartida. Por conta dos incidentes em Mariana, houve um atraso, mas a contrapartida segue mantida.

A Secretaria informa ainda que a Samarco ficou responsável pela realização de estudos para recuperação da faixa de areia, que também será realizada através de contrapartida da empresa. 

Institucional Basic Idiomas
Banner Marcelo
Institucional Karla
Institucional MAllagutti
Institucional M Conveniências [banner top]

Dia D Docutum
Institucional Flex Motors [banner final]


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here