A Polícia Militar Ambiental executou um mandado de busca e apreensão na madrugada de hoje na região rural de Guarapari e apreendeu armas, muita munição e prendeu uma pessoa.

O mandado foi expedido pela 2ª Vara Criminal de Guarapari depois que a polícia recebeu várias denúncias de que o morador da casa, que não foi identificado, praticava caça sem licença na região.

A operação começou ainda de madrugada na localidade de Várzea Nova, próximo a Buenos Aires. Na casa do suspeito, os policiais apreenderam uma garrucha calibre 22, uma espingarda com canos serrados chamada de “garruchão” calibre 36, e uma espingarda de pressão.

Foram apreendidas três armas e 175 munições de vários calibres. Foto: divulgação
Foram apreendidas três armas e 175 munições de vários calibres. Foto: divulgação

 

Além disso, a polícia encontrou 175 munições de vários calibres e um artefato chamado de canhão, que é usado para matar animais. O artefato é colocado próximo ao local de passagem da presa e, quando é acionado, dispara uma carga de chumbo. Este artefato, de acordo com a polícia, é muito perigoso, pois o acionamento é feito por um fio colocado na trilha e pode ferir seriamente uma pessoa.

Também foram apreendidos vários cartuchos vazios e reaproveitados de munições e muita pólvora e chumbo granulado para fazer munições. O suspeito também criava em cativeiro um coleiro, o que é proibido por lei, sem autorização. O material apreendido e o suspeito foram levados para a delegacia de Guarapari.

A polícia pede que a população denuncie casos de caça clandestina através do 181. O denunciante não precisa se identificar.

Deixe seu comentário