Quem passou nesta manhã (16) pela orla da Praia de Camburi em Vitória, pode notar a quantidade de cruzes pretas fincadas na areia. Foram 232 cruzes  no total, colocadas por militares, em forma de protesto contra o alto número nos homicídios de Policiais e Bombeiros.

Militares fincam cruzes na Praia de Camburi em protesto contra aumento de homicídios
Militares fincam cruzes na Praia de Camburi em protesto contra aumento de homicídios

Esse número, segundo alguns manifestantes que estavam no local, representa os homicídios registrados no Estado, somente nos primeiros 45 dias deste ano.

PM’s de Guarapari  também estiveram no local, para prestar a sua indignação e protestar contra o aumento das mortes e dos baixos salários.

Militares pedem melhorias salariais e de trabalho
Militares pedem melhorias salariais e de trabalho

“Nós viemos aqui hoje, é pra revindicar também melhores salários e condições de trabalho, passamos sufoco todos os dias, amamos a nossa profissão, mas só queremos um pouco de valorização. Desde o ano passado vimos vários amigos nossos morrendo, os suicídios estão aumento a cada dia no meio militar”, afirma um PM que trabalha na Cidade Saúde.

Em entrevista à Rádio CBN Vitória, o presidente da Associação Nacional de Apoio ao Servidor Público (Anaspe), Walter Matias, disse que esta foi a forma que a categoria encontrou para mostrar a população, como o Espírito Santo está sofrendo com a violência.

O presidente da Anaspe disse ainda que o governo esconde o verdadeiro número de homicídios no Estado. Além disso, a associação reclama que, ao contrário de anos anteriores, a Secretaria de Estado da Segurança Pública (Sesp), não divulga o nome das vítimas de homicídio, o que para a entidade também é uma forma de esconder informações.

Deixe seu comentário