Um terrível acidente na madrugada de hoje (1) levou a óbito o policial militar Fernando Fontão Barreto de 26 anos. Ele estava no carro com mais dois policiais, Bernardo dos Santos Satiro de 21 anos e Gleiciano Peçanha Duarte, quando bateram em um poste às 4h30 da madrugada, na Av. Jones dos Santos Neves, logo após a entrada do bairro Sol Nascente.

IMG-20141101-WA0006
Após colidir com o poste, o carro capotou e parou à alguns metros do local.

Os três voltavam de uma festa no veículo Cintroen C4 Pallas, conduzido pelo soldado Satiro. “Eles estavam no barzinho em Buenos Aires e pagaram a conta na minha frente. Eu peguei meu carro e sai antes deles. Na rodovia, eles me ultrapassaram correndo muito. Eu escutei o barulho e era o acidente”, contou uma testemunha.

IMG-20141101-WA0016
Uma equipe do Corpo de Bombeiros realizou o resgate do soldado Duarte que ficou preso as ferragens.

Fernando estava sem cinto no banco de trás, e com o impacto da batida, foi arremessado pra fora do veículo. Ainda de acordo com a testemunha, Fernando ficou agonizando por alguns minutos e morreu. A equipe do Samu chegou ao local rapidamente e confirmou a morte de Fernando.

Satiro também foi arremessado para fora do carro. Ele foi levado inicialmente para a Unidade de Pronto Atendimento da cidade, e depois encaminhado para o hospital Jayme dos Santos Neves, na Serra.

Duarte era o único passageiro de cinto e, ficou preso as ferragens. Uma equipe do Corpo de Bombeiros realizou todo o resgate e de imediato conduziu o soldado para o Jayme dos Santos Neves também. De acordo com as primeiras informações apuradas, os dois deram entrada no hospital com traumatismo craniano e o estado de saúde é grave.

IMG-20141101-WA0001
O carro foi retirado às 6h30 do local da batida e levado para o Batalhão da cidade.

Os três policiais se formaram na última turma da Polícia Militar e estavam trabalhando há 20 dias na cidade. O Fernando era de Duque de Caxias – RJ, Satiro é de Alegre, região Sul do ES e o soldado Duarte é de Campos –RJ e moravam juntos em Guarapari.

O Portal27 continua apurando informações sobre o estado de saúde das vítimas.

Deixe seu comentário