O presidente do Sindicatos dos Servidores Públicos de Guarapari (Sintrag), Thiago Magno, divulgou ontem (12) um vídeo onde critica a gestão da prefeitura à frente da pandemia. Após a morte de dois motoristas, ele afirmou, que os servidores estão trabalhando na linha de frente sem estarem vacinados.

Em recado direto ao prefeito Edson Magalhães (PSDB), ele disse. “O senhor é responsável quando coloca todos os servidores na linha de frente sem vacinação, sem as proteções necessárias, o senhor sim prefeito, isso aqui não é politicagem.  Eu já não estou aguentando mais receber notícia de servidores que estão falecendo”, afirmou no vídeo.

Thiago ainda se direcionou a secretária de saúde, Alessandra Albani. “Alessandra você tem que colocar os servidores da linha de frente na vacinação com prioridade sim secretária”, disse.  Veja o vídeo.

Respostas. Questionamos a prefeitura sobre essas acusações nesse vídeo e recebemos a seguinte resposta. Confira a resposta na integra.

“A IMUNIZAÇÃO COVID-19 EM TODOS OS MUNICÍPIOS SEGUE DIRETRIZES ESTADUAIS E FEDERAIS
A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), através do Programa Municipal de Imunização, garante que todas as diretrizes e orientações do Programa Nacional e Estadual estão sendo seguidas, acompanhando diariamente as atualizações do colegiado técnico (CIB/ES).

Uma das diretrizes é o público alvo a ser imunizado que é estabelecido com base em dados técnicos e epidemiológicos.

O município tem ciência do anseio de todos de se imunizarem e o processo está sendo garantido conforme a disponibilização de doses, estamos avançando nas fases e etapas estabelecidas no Plano de Imunização.

Ressaltamos a necessidade do cumprimento das medidas sanitárias estabelecidas no município, assim como o uso obrigatório de máscaras.

Mesmo quem já foi vacinado deve manter as medidas de higiene e proteção contra o Covid-19. Usar máscaras, lavar as mãos, utilizar produtos com ação antiviral e manter o afastamento social continuam sendo importantes no controle da pandemia.

IMUNIZAÇÃO DOS SERVIDORES DA LINHA DE FRENTE
A Semsa esclarece que TODOS os servidores municipais que atuam na linha de frente já foram imunizados com a primeira e segunda dose da vacina, conforme as diretrizes e orientações do Programa Nacional e Estadual.

Servidores que não estão na linha de frente, estão sendo imunizados conforme a disponibilidade de doses e a pactuação feita junto ao Governo do Estado.

SERVIDORAS GESTANTES
Conforme as orientações das entidades sanitárias competentes e, também, dos decretos estaduais e municipais, todas as servidoras gestantes foram afastadas quando atingiram a 24ª semana de gestação. (segue Decreto Municipal 295/2020 em anexo). Decreto Municipal 2952020 em anexo

Caso a servidora esteja em algum setor que a exponha a risco, mesmo antes das 24 semanas de gestação, a mesma é remanejada de setor até o seu afastamento.

Deixe seu comentário