A Secretária de Educação de Piúma, Fernanda Scherres, foi presa em flagrante pela polícia civil sob acusação de falsidade ideológica e associação criminosa, por venda de falsos certificados de cursos de extensão.

Imagem ilustrativa

Fernanda seria proprietária de um Instituto de Pesquisa e Cursos Educacionais que fornecia certificados de cursos de extensão. O Ministério Público já investigava os fatos e acionou o delegado David Santana Gomes, que prendeu Fernanda em flagrante no ato da entrega de um certificado, que foi encomendado por telefone. Foram presas ainda duas pessoas, sendo um homem e uma mulher que trabalham na empresa.

A pessoa que pediu o certificado pelo telefone teria feito ainda um depósito na conta de Fernanda, no valor de R$ 150.00. Segundo a Secretaria de Estado da Justiça (Sejus), Fernanda Scherres foi encaminhada ao Centro Prisional de Cachoeiro de Itapemirim.

Deixe seu comentário