A Justiça concedeu liminar favorável à Prefeitura de Guarapari e servidores terão que suspender a greve até sexta-feira. A notícia foi dada aos servidores que estavam em frente à sede da administração na tarde de hoje.

O grupo se reuniu por volta das 13 horas e logo em seguida a notícia da liminar da Justiça começou a circular. Mas nem mesmo a confirmação do fim da greve desmotivou os servidores que gritavam palavras de ordem e pediam a saída do prefeito Orly Gomes.

a advogada do Sintrag explica a decisão judicial para os servidores. Foto: João Thomazelli/Portal 27
A advogada do Sintrag explica a decisão judicial para os servidores. Foto: João Thomazelli/Portal 27

Apesar da notícia ter se espalhado, apenas às 15h40 a diretora do Sintrag, Rosemary Abud, foi localizada

Abud com Oficial de Justiça. Liminar manda acabar com a greve. Foto: João Thomazelli/Portal 27
Abud com Oficial de Justiça. Liminar manda acabar com a greve. Foto: João Thomazelli/Portal 27

pelo Oficial de Justiça para ser notificada da decisão judicial. Logo depois ela comunicou oficialmente aos servidores que a greve estaria suspensa a partir da sexta-feira.

“Decisão judicial é para ser respeitada e o Sintrag vai obedecer. A partir de sexta-feira os trabalhadores devem voltar aos seus postos de trabalho, mas isso não quer dizer que vamos abandonar a causa não. Nós vamos tentar derrubar a liminar e continuar com o movimento grevista. Ainda estamos em estado de greve, mas sem paralisação”, disse Abud.

A advogada do Sintrag disse que a decisão se baseou em um argumento errado da prefeitura. “A prefeitura argumentou que o sindicato não deu tempo hábil para a prefeitura. Que a greve não foi divulgada à população. Claro que foi. Nós cumprimos todos os trâmites legais e respeitamos a lei. Vamos fazer de tudo para derrubar esta liminar”, explicou.

Mobilização

servidores fazem  churrasco na frente da prefeitura. Foto: João Thomazelli/Portal 27
Servidores fazem churrasco na frente da prefeitura. Foto: João Thomazelli/Portal 27

Mesmo com a notícia, os servidores que estavam na frente da sede da prefeitura não desanimaram. Alguns chegaram a montar uma barraca e outros fizeram uma “vaquinha” para comprar carne e carvão e acenderam uma churrasqueira.

 

 

Deixe seu comentário