A Polícia Civil continua com as buscas nos bairros da Grande Santo Antônio e Morro do Quiabo, na região da Grande Vitória. Três homens foram prestar depoimento na Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Vitória.

Os homens, com idades entre 18 e 23 anos, foram escoltados até à delegacia por policiais, o delegado responsável pelo caso, Marcelo Cavalcanti, confirmou que todos estão ligados ao crime.

Quatro pessoas foram mortas. Foto: Folha do ES

“Todos estão envolvidos direta ou indiretamente no crime. São testemunhas, vítimas. A investigação é complexa, envolve muitas vítimas e muitos autores e por isso precisa ser bem detalhada”, relatou Marcelo.

A polícia desconfia que a motivação do crime foi a suspeita dos 4 jovens mortos serem de um grupo rival do tráfico de drogas da região.

“Podemos afirmar que pessoas que não tinham envolvimento (com o tráfico) foram covardemente assassinadas por uma simples situação de que poderiam estar envolvidas no tráfico. Porém, nada disso foi confirmado”, contou o delegado.

Relembre o caso. Durante a tarde da última segunda-feira (28), 4 jovens foram assassinados em um tiroteio na Ilha do Américo, na capital do estado. Além dos 4 jovens mortos, mais um ficou ferido.

O tiroteio foi ouvido por moradores da região, que acionaram a polícia e o Samu, pouco tempo depois helicópteros das duas forças chegaram à ilha, onde realizaram buscas e os primeiros socorros.

Segundo o secretário de segurança pública, Alexandre Ramalho, as vítimas tinham algumas passagens pela polícia, porém não tinham provas de que eles eram envolvidos com o tráfico do local.

“Apontam algumas passagens pela polícia como posse de drogas, como Lei Maria da Penha, um com tráfico de entorpecentes, mas nós não temos informações contundentes desses jovens na participação do tráfico em Vitória”, relatou Ramalho.

Vingança. Ainda na noite da última segunda-feira, a Força Nacional parou um carro suspeito em Cariacica, nele havia 4 homens que estavam levando um jovem sequestrado no porta-malas do veículo. De acordo com a polícia, os homens seriam amigos das vítimas, e estavam vingando a morte deles.

Protestos. Após o enterro de 3 dos 4 jovens na última terça-feira (29), a população do bairro Santo Antônio realizou um protesto no local, fechando o trânsito em um dos acessos da região, a Polícia Militar e a Guarda Municipal foram chamadas para controlar a situação.
As buscas pelos envolvidos no crime continuam em toda a Grande Vitória.

Por João Pedro Barbosa, estagiário.