Após a data final definida pela Justiça Eleitoral para que fossem realizadas as convenções partidárias, até 16 de setembro, todos os partidos que pretendem disputar as eleições municipais de 2020 já apresentaram seus candidatos na disputa, caso do Partido Progressista (PP), que lançou o nome de Maria Helena Netto na disputa.

Maria Helena já foi secretária de saúde e de assistência social em governos anteriores de Guarapari.

Maria Helena já foi secretária de saúde e de assistência social em governos anteriores de Guarapari, e agora vem para disputar a principal vaga do executivo municipal na coligação Progressista, consistindo de uma aliança partidária entre o PP e o Pros.

O nome do vice ainda não foi definido, porém Maria Helena afirma que será uma “chapa pura”, apresentando um filiado do PP. Já sobre os candidatos a vereadores, todos já foram definidos e o PP entrará com o número máximo permitido, sendo 26, e o Pros com 15 até o momento.

Sobre a questão do Hospital Cidade Saúde, a candidata afirmou “Guarapari precisa de um hospital.”, e comentou que irá finalizar a obra, porém será necessário conversar com o governo do Espírito Santo, para que possa auxiliar com a verba necessária, girando em torno de 10 milhões mensais.

“Guarapari precisa de um hospital. Precisamos e iremos finalizar a obra, porém nós vamos conversar com o governo do estado para que possamos chegar a um acordo. O hospital deve ser regional e de gestão do estado, ele irá custar cerca de 10 a 12 milhões de reais.”, comentou Maria Helena.

Já sobre a questão dos moradores em situação de rua, a candidata afirmou que fará o serviço de assistência social funcionar, para que identifique estas pessoas e planeje um plano de ação e retorno delas para seus locais de origem, além da criação de abrigos municipais.

“O município precisa fazer o serviço de assistência social funcionar, precisamos fazer a identificação de todas as pessoas em situação de rua, caso elas sejam de outros estados e municípios, nós vamos criar um meio de fazer com que eles voltem para lá, caso sejam do município nós iremos criar abrigos, para que sejam acolhidos”, relacionou a ex-secretária de assistência social.

Agora, sobre a questão de gerar empregos em Guarapari, Maria Helena afirmou que irá criar leis de incentivo fiscal e que buscará empresas de fora do estado, para que se instalem aqui, além de propor uma diversificação econômica.

“Vou criar leis de incentivo fiscal e ir buscar empresas de fora, nós precisamos sair da bolha e atrair investimento de outros estados. Vamos propor métodos de diversificar a economia, a cidade vive apenas de turismo.”, finalizou a candidata.

Por fim, a candidata a prefeitura pelo PP, declarou “gerar emprego e cuidar da saúde do povo, nessa linha que vou trabalhar”, e comentou sobre um plano para equilibrar a economia municipal.

“A cidade precisa se desenvolver, porque a cidade cresceu. Precisamos gerar empregos e cuidar da saúde do povo, será nessas duas linhas que vou trabalhar. A cidade precisa de um planejamento para que nós tenhamos novamente um turismo qualificado, com uma economia equilibrada, e que a prefeitura possa, através de tecnologias, diminuir o custo e custeio do serviço público para a população”, terminou Maria Helena.

Por João Pedro Barbosa, estagiário.

Deixe seu comentário