Acidente deixa trânsito lento na ponte de Guarapari. Por volta das 19h45 de hoje (12), um carro de passeio acabou colidindo em uma carroça, no sentido Centro, Muquiçaba.

20140512_201855
Após acidente entre um carro de passeio e uma carroça, deixou trânsito lento na ponte em Guarapari. Foto: Vinícius Rangel.

A carroça foi arrastada por 10 metros, em meio a ponte. Após a batida, Abel da Costa Pereira de 31 anos, que conduzia o palio prata, de20140512_202518 placa MQE 7174, bateu a cabeça no volante e precisou ser socorrido por uma equipe do Corpo de Bombeiros.

20140512_202648Tadeu Lourenço de 37 anos, era quem conduzia a carroça. “Faço esse trajeto há mais de 20 anos e isso nunca me aconteceu. É a primeira vez que alguém me derruba assim. O carro vinha correndo muito”, explica ele.

Ele ainda conta  que passa diariamente pela ponte, e carrega consigo, o filho pequeno não estava com Tadeu. “Por Deus, hoje ele não quis vir comigo. Foi Deus que salvou meu filho. Se ele estivesse comigo, amanhã estaria enterrando um filho”, conta ele.

Na hora do acidente, o cavalo se assustou e fugiu do local. O dono ainda tentou alcançar o animal, mas não teve êxito. No momento, Tadeu não portava documentos, e por isso acabou precisando ir atras da esposa, que estava na igreja, para pegar o RG e Cpf.

O carroceiro recolhe papelão há duas décadas para o sustento da família. A esposa dele conta que sem a carroça, a vida vai ser mais difícil, já que o veículo é usado diariamente para pegar e vender o material.

Diante dos fatos, a polícia averiguou que a carroça de Tadeu não possuía faixas reflexivas, o que dificultou o motorista do veículo avistar a carroça. Mas o carroceiro afirmou, “ninguém nunca me informou sobre essas faixas. A prefeitura não disse nada sobre isso”, alerta Tadeu.

20140512_201832
O veículo ficou com a frente totalmente destruída. Foto: Vinícius Rangel.
Deixe seu comentário