O projeto ‘Anchieta Mais Fácil’ do Programa Anchieta Criativa e Empreendedora, lançado em 2017, cada dia cria novas ações para facilitar a vida dos empreendedores e moradores de Anchieta. Como a meta é a desburocratização, a Prefeitura passou a expedir no mesmo dia da abertura das empresas – Micro Empreendedor Individual (MEI) e pequenas empresas – o alvará provisório. Com isso, os empreendedores anchietenses podem iniciar imediatamente suas atividades, inclusive, contratar funcionários, colaborando assim para diminuir o desemprego da cidade.

O serviço, segundo o Secretário de Integração e Desenvolvimento, Marcos Kneip, é imediato e instantâneo. Na prática, o empreendedor vai até o Espaço do Empreendedor, na Casa do Cidadão, com os documentos necessários, abre a empresa e na mesma hora é expedido o alvará provisório pela equipe de fiscalização, que também atua no Espaço do Empreendedor.

Podem aderir a novidade as atividades e empresas de baixo grau de risco (lojas, escritórios, prestadores de serviços, etc). “Um avanço inquestionável que colabora com a desburocratização da Prefeitura, facilita a diversificação econômica e ajuda na geração de empregos para os anchietenses”, complemente Kneip.

Micro empreendedores individuais e empresas de baixo grau de risco já podem se beneficiar com o serviço, realizado na Casa do Cidadão, sem pagar nada.

Conforme Kneip, a Prefeitura também firmou parceria com o Estado, incluindo o município no SimplificaES, um programa que tem como meta desburocratizar e informatizar todo o processo para legalização de empresas no município.

“Agora é tudo digital: consulta de viabilidade (se pode em determinado local da cidade), abertura da empresa, licenciamento ambiental, alvará da Vigilância Sanitária, emissão de taxas, alvará do Corpo de Bombeiros e CNPJ. Afinal estamos mudando algo que vem sendo praticado desde o início das atividades da Prefeitura”, explica o secretário de Administração e Recursos Humanos, Sandro Alpohim. Segundo ele, os servidores envolvidos estão se capacitando para atender os serviços desse novo processo.

Outra novidade é que a atual gestão isentou o MEI de todas as taxas e despesas para abertura e encerramento do seu negócio. De acordo com prefeito Fabrício Petri, as novas medidas são apenas o começo de várias ideias que serão implantadas no município para gerar emprego e renda. “As ações começaram a ser efetivadas para gerar, cada vez mais, um ambiente favorável e atrativo para o desenvolvimento empresarial em nosso município, valorizando o empreendedorismo, diversificando a economia e, consequentemente, gerando emprego e renda para os anchietenses”, disse.

Uma comissão composta por diversos servidores vêm acompanhando todas as medidas e estudando novas ações para fortalecer a economia de Anchieta

Deixe seu comentário