A presidente da Câmara de Anchieta, Terezinha, aproveitou a sessão da Casa (15) para homenagear um atleta mirim do município de Anchieta. João Vitor, 11 anos, esteve representando a cidade em um campeonato de Jiu-Jitsu em Vitória e trouxe a medalha de ouro para casa.

Terezinha Vizzoni
Terezinha, aproveitou para homenagear um atleta.

A presidente parabenizou o menino e aproveitou para cobrar investimentos no esporte em Anchieta. “Temos muitos talentos como o João Vitor precisamos dar condições para eles se desenvolverem. O esporte é o caminho para um futuro melhor”, afirmou. O atleta Edinho, que também pratica a mesma modalidade que o homenageado também esteve presente. Ele é campeão brasileiro.

O vereador Zeco Rovetta quer que o Departamento de Estradas e Rodagens do Espírito Santo (DER-ES) faça uma vistória das condições em que se encontram a Ponte de Anchieta. O local vem recebendo veículos com carga acima da permitida de acordo com o vereador.

“A ponte suporta 24 toneladas, mas passam por lá veículos de até 45 toneladas diariamente. Preocupado com a situação acredito que é um pedido de estrema importância, que deve ser atendido para evitar colocar em risco a vida dos transeuntes”, afirmou.

IMG_3441 z reduzida
vereador Zeco Rovetta

Ele ainda solicitou a instalação de um redutor de velocidade eletrônico na Rodovia ES 060, próximo a comunidade de Subaia, mais precisamente próximo a Igreja de São Roque. O pedido se deve ao grande fluxo de veículos que passam em alta velocidade no local.

 Carlinhos pediu que a Prefeitura conceda aumento no valor das diárias dos motoristas do munícipio para um valor considerável. Atualmente, o valor é de R$ 35, porém eles saem de casa, muitas vezes, de madrugada e só retornam tarde da noite.

“O valor não é suficiente para cobrir as despesas que eles têm durante o período que estão em serviço. Só o gasto com alimentação um dia inteiro é maior que o pago”, conta.

Robinho indicou ao Prefeito a possibilidade de providenciar a concessão de tíquete alimentação em dobro, aos funcionários públicos, no mês de seus aniversários. A medida seria extensiva aos aposentados e inativos.

“O intuito é garantir incentivos, como forma de melhorar os serviços públicos. A medida valoriza os servidores”, falou. Ele ainda indicou a adequação do nome da Casa de Passagem  o município para “Lar Renascer Lyvia Garcia Ferreirinha”.

Robinho pediu também a contratação de mais professores através de processo seletivo simplificado para suprir a necessidade do município. “Diante da não previsão de incentivo a qualificação dos professores vinculados a administração por contratos temporários faço esse pedido”, explica.

O parlamentar solicitou na mesma sessão que o Prefeito atualize o cadastro de logradouros públicos municipais. O vereador ainda pediu que a Secretaria de Saúde responda as seguintes informações a Câmara:

– Há distribuição de uniformes para os servidores lotados no serviço de urgência e emergência?

– Qual a forma de distribuição destes uniformes?

– Caso negativo, qual a previsão de distribuição?

O vereador Dilermando Melo pediu que o calçamento padronizado da rua da Escola de Limeira seja feito, pois em dias de chuva a rua fica intransitável. Em períodos de sol, a poeira ainda causa doenças respiratórias.

“Peço isso para garantir a uniformidade e a segurança dos alunos que estudam na instituição. Assim como dos condutores e pedestres que transitam na via, contribuindo para a manutenção e preservação da saúde dos moradores”, disse.

Ele ainda solicitou a troca do padrão de luz na rua Projetada, em frente a casa do senhor Oziel, em Limeira. Já que o atual está quebrado e em péssimo estado de conservação, colocando em risco a vida de pessoas que residem e transitam no local.

Dilermando também requereu que a Secretaria de Infraestrutura envie a documentação relacionada aos projetos a serem realizados na comunidade de Limeira.

O parlamentar Válber Salarini, mais uma vez, cobrou a Samarco a respeito de informações sobre a poluição do ar. Ele convidou o Gerente Geral de Desenvolvimento Industrial da empresa para comparecer a Casa e apresentar dados aos edis.

“Faço isso considerando o resultado do quadro Enquete do Dia realizado pela Rádio Sim FM de Anchieta, que vem abordando – diariamente – temas que fazem parte da vida do ouvinte e de interesse da coletividade”, explicou.

Ele ainda fez três solicitações a Secretaria de Infraestrutura. Na primeira, pediu a extensão da rede baixa com iluminação pública, na Rua das Gaivotas, em Benevente, próximo à casa do senhor Ronaldo Gomes, onde 150 metros da via estão sem iluminação.

Depois, sugeriu a instalação de escadas no acesso ao deque da Praça das Garças, em Porto de Cima. Assim, as embarcações maiores de pescadores terão mais facilidade para acessar o local.  Por último, requereu a instalação de redutores de velocidade na Rua dos Beija-Flores, no bairro Anchieta, próximo a casa da senhora Leticia Lander.

A parlamentar Dalva da Matta solicitou a Secretaria de Infraestrutura e a Escelsa que desliguem o poste localizado ao lado da Escola de Praia dos Castelhanos. O objetivo está sem uso e trazendo riscos para a população.

 “Os fios estão expostos, o poste está sem uso, mas está ligado à rede. Ele funcionava provisoriamente no local, até a finalização da obra de construção da escola. Depois deveria ter sido retirado, porém, está  lá até o momento”, conta.

Ela ainda pediu que tanto a Secretaria de Infraestrutura, quanto a de Saúde, busquem construir uma nova fossa na Escola de Praia dos Castelhanos, que seja maior que a atual e que suporte a estrutura da instituição. Quase toda semana há a necessidade de limpar a atual.

Dalva também requereu que o Gerente de Segurança Pública, Marcelino Lorencetti, reforce a segurança no ponto de ônibus em Nova Anchieta, onde os alunos desembarcam dos ônibus ao chegarem da escola. Pais procuraram a vereadora para reclamar que as crianças e adolescentes estão sendo aliciados no local.

Deixe seu comentário