O município de Anchieta tem muito que comemorar na Educação, dados do IBGE apontam que a cidade está bem acima da média nacional nos índices de alfabetização da população. Quase cem por cento dos moradores de Anchieta sabem ler e escrever.

Outro dado a se comemorar é da última prova do Programa de Avaliação da Educação Básica do Espírito Santo, o PAEBES, em que Anchieta ficou entre os melhores resultados do Estado. Para o prefeito Marcus Vinicius Doelinger Assad estes dados falam por si. “A educação é a base de tudo”, diz ele.

Marquinhos Assad
Prefeito Marcus Vinicius Doelinger Assad.

A Prefeitura de Anchieta aderiu ao Programa Brasil Alfabetizado. Possui atualmente 41 alunos com idade entre 40 e 80 anos que estão cadastrados no programa para aprender a ler e escrever, contribuindo com o alcance de cem por cento da população alfabetizada.
Além desses alunos, outros 677 adultos voltaram para a escola e participam da Educação de Jovens e Adultos (EJA).

De acordo com a secretária de Educação, Brunella Marques Couto, o objetivo da prefeitura é zerar os dados. “Ter adultos e idosos dispostos a voltar para salas de aula é um desafio. Nós consideramos uma vitória muito grande, ter pessoas com idade entre 40 e 80 anos dispostas a estudar”, disse.

A secretária destacou que os jovens que não são alfabetizados são minoria. A grande maioria dos estudantes de Anchieta fazem cursos técnico e superior. O município de Anchieta beneficia 1700 alunos a cursarem ensino superior ou curso técnico, oferecendo transporte universitário gratuito.

Saiba Mais:
Programa Brasil Alfabetizado (PBA) – O programa é voltado para a alfabetização de jovens, adultos e idosos. O programa é uma porta de acesso à cidadania e o despertar do interesse pela elevação da escolaridade e alcance de cem por cento de alfabetização do município, como é o caso de Anchieta.

Deixe seu comentário