A Comissão Processante que investiga a denúncia contra o vereador Dito Xaréu (SDD) realizou sua segunda reunião, na manhã desta segunda-feira (15). Na ocasião, estiveram presentes a presidente da Comissão, vereadora Fernanda Mazzelli (PSD); o relator, vereador Marcos Grijó (PDT) e o procurador geral da Câmara, Tarcísio Ribeiro Dias Silva.

Atestado. O membro da Comissão, vereador Wendel Lima (PSD) está de atestado médico e por isso, não compareceu. Já o parlamentar investigado e seu advogado não participaram da reunião nem justificaram a ausência.

Estiveram presentes a presidente da Comissão, vereadora Fernanda Mazzelli (PSD); o relator, vereador Marcos Grijó (PDT) e o procurador geral da Câmara, Tarcísio Ribeiro Dias Silva.

Defesa. Durante a reunião, foi decidido que a Comissão vai dar continuidade aos trabalhos durante o recesso parlamentar. A presidente explicou que complementação da defesa do vereador deve ser apresentada em dez dias úteis e que portanto, vence nesta terça-feira (16). “Nós estamos aguardando o prazo da complementação da defesa do vereador Dito. A partir de amanhã vamos dar continuidade ao trabalho de investigação da Comissão. Se ele não apresentar nenhuma complementação, vamos usar a defesa que ele apresentou em plenário”, disse Fernanda.

O membro afirmou que a ausência do vereador e sua defesa na reunião não compromete o andamento dos trabalhos da Comissão. “A ausência deles não atrapalha porque ele tem o prazo de defesa e depois a Comissão tem cinco dias para fazer as avaliações e ver se a denúncia vai ser acatada ou não”, explicou Grijó.

*com informações da Câmara de Guarapari.