Mesmo com chuva fraca e o mar agitado, turistas que vieram conhecer as praias de Guarapari não perderam a oportunidade de entrar no mar da Praia do Morro e deram trabalho aos guarda-vidas. 

Somente nesta sexta-feira de feriado, os guarda-vidas fizeram na Praia do Morro, 45 resgates, 61 prevenções à banhistas em áreas de risco no mar, sete crianças perdidas foram entregues aos guarda-vidas, e dois idosos também ficaram perdidos. Neste sábado (16), a praia continua lotada e é importante que os banhistas continuem atentos.

Banhistas sobem nas pedras escorregadias e guarda-vidas tem trabalho redobrado para impedir acidente.

“Além das inúmeras prevenções a pessoas entrando em área de risco no mar, e algumas crianças perdidas e posteriormente encontradas, vários resgates foram registrados durante todo a sexta-feira”, disse o guarda-vidas Walace Araújo. 

Preocupado, o profissional que integra o corpo de salvamento marítimo da cidade, disse que os banhistas precisam ficar mais atentos para preservar pela vida. 

“Precisamos que esses banhistas fiquem atentos. Que eles possam buscar nos postos de guarda-vidas informações, para que assim possamos informar sobre as reais condições de maré e melhores pontos da praia para entrar no mar. É importante, para que dessa forma o sinistro não ocorra e o banhista e sua família possa aproveitar o feriado na praia da melhor forma possível”, completou Walace. 

O guarda-vidas conta que os resgates não param desde quinta-feira.E que mesmo com todas as prevenções, existem pessoas que ignoram os avisos dos profissionais e desafiam o mar. O resultado, segundo ele, é a realização de mais resgates pelo corpo de salvamento marítimo

O problema, segundo Walace, é que da forma que o tempo se encontra, está muito perigoso se aventurar. Por isso os profissionais estão de prontidão para que o sinistro não ocorra, atuando com prevenção naqueles que se aventuram ao mar.

“As prevenções aos banhistas estão acontecendo o tempo inteiro. Agora a tarde, uma excursão estava entrando ao mar bravo e debaixo de chuva. Mas nós continuamos a alertar aos desavisados”, finaliza Walace.

Confira o vídeo

Deixe seu comentário