A estrada que liga o bairro Jabaraí à BR-101, na altura do Posto tigrão é muito usada por motoristas, motociclistas, ciclistas e pedestres, pois é um acesso rápido para quem segue para a BR ou que pretende pegar o contorno da Rodosol.

O problema é que a estrada está praticamente intransitável em alguns pontos. São tantos buracos, “costeletas” e poças de lama, que é quase impossível transitar a mais de 20 km/h de carro ou moto.

Na tarde de ontem (9), a reportagem do Portal 27 percorreu a estrada para confirmar a reclamação da leitora Alessandra Candotti do local. Assim que chegamos no primeiro lamaçal, uma cena chamou nossa atenção: Um casal atravessava o lamaçal empurrando um carrinho de bebê.

Família tem que atravessar o lamaçal par chegar em casa. Foto: João Thomazelli/Portal 27
Família tem que atravessar o lamaçal par chegar em casa. Foto: João Thomazelli/Portal 27

“Nós passamos todos os dias aqui e tem que botar o pé na lama mesmo se quiser atravessar. Meu filho maior quando vai para a escola chega todo sujo, mesmo passando de bicicleta”, conta o trabalhador rural Wilson Santo do Bonfim.

Outro problema é que próximo ao viaduto da Rodosol, a encosta virou um lixão. Moradores de vários bairros vão até o local para descartar móveis velhos, aparelhos televisores, garrafas e copos quebrados… Enfim, muito lixo. “Eu passo por lá e até resgatei um cachorrinho que abandonaram. Ele estava comendo lixo e num dia de chuva não aguentei e trouxe ele para casa”, relembra Alessandra Candotti.

além dos buracos e da lama, moradores usam o local como depósito de lixo. Foto: João Thomazelli/Portal 27
além dos buracos e da lama, moradores usam o local como depósito de lixo. Foto: João Thomazelli/Portal 27

E quem passa à noite no local deve redobrar a atenção. Não há nenhum tipo de iluminação e, para quem não conhece o lugar, é fácil pegar o caminho errado e ir parar no trevo de Setiba, por exemplo.

O trecho mais crítico é o que vai do final de Jabaraí até o viaduto. Buraco, lama e lixo. Procuramos a prefeitura para saber se existe algum projeto de melhoria para a estrada, mas as notícias não são animadoras.

Prefeitura

Através da Secretaria de Comunicação da Prefeitura, a secretaria de

quando não há lama, tem buraco. Foto: João Thomazelli/Portal 27
quando não há lama, tem buraco. Foto: João Thomazelli/Portal 27

obras informou que: “O atual processo de drenagem e pavimentação não contempla a rua citada, entretanto, a Secretaria de Obras fará levantamento de custos para possibilidade de inserção em novo processo licitatório para drenagem e pavimentação de ruas. A Secretaria de Obras esclarece ainda que as máquinas que realizam manutenção de vias estão passando por reparos necessários. Tão breve as máquinas retornem será realizado serviço para melhoria da via”, finalizou a nota.

Deixe seu comentário