Edson Simões, morador de Guarapari enfrenta com frequência problemas de mobilidade no município. Dessa vez ele passou por constrangimentos na Caixa Econômica Federal do Centro da cidade. Edson, que é cadeirante, entrou em contato com o Portal 27 para fazer a denúncia. 

De acordo com a lei de acessibilidade (10.098), “pelo menos um dos acessos ao interior da edificação deverá estar livre de barreiras arquitetônicas e de obstáculos que impeçam ou dificultem a acessibilidade de pessoa portadora de deficiência ou com mobilidade reduzida”. A agência da Caixa Econômica Federal do Centro de Guarapari tem a rampa de acesso, mas, segundo Edson, “o acesso de cadeiras ao banco virou estacionamento de bicicletas”.

O cadeirante afirmou ter ficado algum tempo esperando a solução do problema e a liberação do acesso que impedia seu direito de ir e vir, quando os funcionários do banco fizeram uma proposta que não foi aceita por ele. “Fiquei alguns minutos esperando, quando o gerente e mais outra pessoa do banco desceram e quiseram me subir pela escada. Aí eu não aceitei e falei: eu quero passar pelo acesso de cadeirantes. Aí tiraram algumas bicicletas, não todas, e eu consegui passar com alguma dificuldade. Quando saí do banco, as bicicletas continuavam lá”. 

Confira o vídeo gravado por Edson mostrando as bicicletas paradas na rampa de acesso à agência da Caixa Econômica:

Entramos em contato com a Assessoria de Imprensa da Caixa Econômica Federal que nos respondeu por telefone se desculpando pelo ocorrido e disse que iria verificar a situação, mas destacou que a rampa fica liberada e existe bicicletário em local apropriado, por isso, segundo a assessoria de imprensa da Caixa, eles acreditam que o “caso tenha sido pontual e isolado”. 

Deixe seu comentário

Comments are closed.