Com a sanção da Lei Aldir Blanc, que trará para Guarapari o montante de R$ 852.000,00 a necessidade de mapear os agentes culturais e toda cadeia produtiva que faz parte das atividades artísticas, além das comunidades com saberes tradicionais se tornou urgente, visto que para acesso aos instrumentos de auxílio financeiro será necessário estar cadastrado nos formulários disponibilizados pelo Estado a nível, municipal, estadual ou federal.

Apoios. Existem três mecanismos de acesso a este apoio, são eles: (1) Renda emergencial mensal a trabalhadores e trabalhadoras da cultura, em três parcelas no valor de R$ 600,00; (2) Subsídios mensais à manutenção de espaços artísticos e culturais, em três parcelas no valor de R$ 3.000,00 a R$ 10.000,00; (3) Editais, chamadas públicas, prêmios e aquisições de bens e serviços vinculados ao setor cultural.

A necessidade de mapear os agentes culturais e toda cadeia produtiva que faz parte das atividades artísticas,

Políticas públicas. Em Guarapari, a iniciativa entre sociedade civil e poder público, através da  Secretaria de Turismo, Empreendedorismo e Cultura (SETEC), tem buscado mapear localmente a fim de utilizar esses dados na construção de políticas públicas para a área com maior propriedade, já que na cidade ainda não existe esse instrumento.

Profissionais. É necessário compreender que a verba que a Lei Aldir Blanc garantirá, não abarca apenas os artistas e comunidades tradicionais diretamente, mas toda Pessoa que participa da cadeia produtiva dos diversos segmentos artísticos e culturais, incluindo artistas, produtores, técnicos, curadores, oficineiros e professores de escolas de arte, ou seja, desde a costureira das fantasias das escolas de samba até o profissional que cuida da iluminação de um show musical.

Inscrições. As inscrições on-line já estão abertas pelo link: https://forms.gle/Skqw7yBHZF6Tnu4dA O comitê também fará ações presenciais a fim de garantir o cadastro dos fazedores que não tem acesso a internet a partir do dia 15 e irá até o dia 31. Os locais de coleta da documentação serão:

-Secretaria de Turismo, Empreendedorismo e Cultura, na Av Munir Abud, 234, Praia do Moro; – Complexo Esportivo Maurice Santos, na Rua Hilda Borges Vieira, Muquiçaba.
Também será criado um calendário específico para visita as comunidades de Saberes Tradicionais e grupos que levantarem demanda específica.

Conselho Municipal de Políticas Culturais. Importante ressaltar que para fiscalização e controle social dessa verba, o Conselho Municipal de Políticas Culturais de Guarapari está em pauta para aprovação na Câmara Municipal na Sessão Extraordinária do dia 20-07, segunda-feira, e a sociedade civil solicitou emendas ao Projeto de Lei a fim de garantir a participação popular de maneira mais acessível, democrática e efetiva.

Mais informações

-SETEC -Telefone: (27) 3362-3005 – Email: setec@guarapari.es.gov.br
– Bruno de Deus e Magnago (Sinestesia) – 27 99703 3414
– Ciça Chadô – 27 99645-8411
– Eduardo Quaresma ( Trupe Maratimba)- 21 99911-0399
– Leonardo ( Coletivo DRC) – 27 98893-3635