A obra do muro de contenção na orla de Meaípe tive início nesta terça-feira (05). A construção, orçada em R$ 598.941,71, começou onze dias após a assinatura da ordem de serviço e está prevista para ficar pronta em até seis meses.

A construção do muro de contenção em Meaípe teve início nesta terça-feira (05). Foto: Whatsapp.

Apesar de ter sido iniciado, o serviço não agradou a todos. O comerciante Vinícius Brina afirmou que no primeiro dia da obra pouca coisa foi feita. “Eles vieram com uma máquina e puxaram as pedras, calçaram o barranco porque estava desbarrancando mais e não fizeram mais nada. A gente não sabe que dia a obra realmente vai começar”.

Ele disse ainda que tem receio de a obra não ficar pronta para o verão. “O pessoal pediu calma, mas a gente está apreensivo porque a informação que tive é que até dezembro vai ser com essa maré mais alta. Temos receio de dar alguma coisa e porque o tempo que temos até o verão é curto. É uma obra emergencial, só que já tem dez dias do que foi prometido. A gente fica preocupado porque o que a gente queria era já ver as máquinas fazendo a obra”

O Portal 27 procurou a prefeitura para saber sobre o andamento da obra e se ela vai ficar pronta antes do verão e recebeu a seguinte resposta. “A Secretaria Municipal de obras informa que a obra já foi iniciada em Meaípe, inclusive ontem à tarde e hoje pela manhã funcionários da empresa estavam na orla realizando o serviço. O processo de retirada das pedras se faz necessário e está dentro da programação de início das obras”.

Nesta…um grupo de 37 pessoas entre moradores e comerciantes de Meaípe esteve na Assembleia Legislativa para pedir apoio para a realização do engordamento da praia. Foto: Whatsapp

Engordamento da praia. Nesta segunda-feira (04) um grupo de 37 pessoas, entre elas moradores e comerciantes, esteve na Assembleia Legislativa do Espírito Santo (Ales) para pedir ajuda para Meaípe. A presidente da Associação de Moradores de Meaípe, Marlene Celda Amado relatou que “nós estamos lutando pelo engordamento artificial da praia. Nossa luta pela construção do muro de arrimo foi só o começo. Nós temos uma intenção muito maior porque precisamos de uma retenção da maré e do engordamento da praia. Sem isso, nós vamos ficar sem praia em Meaípe. Vamos ter só o muro de arrimo”.

A presidente da Associação de Moradores de Meaípe falou durante 15 minutos na tribuna do povo e pediu apoio aos deputados. Foto: Whatsapp.

Marlene relatou que o grupo foi inscrito pelo deputado Hudson Leal para participar da tribuna do povo. A presidente da associação também teve direito a 15 minutos de fala. “Pedi o apoio dos deputados estaduais para a gente conseguir a verba porque essa outra obra tem um valor expressivo e a gente precisa do Governo do Estado e do Governo Federal para fazermos essa obra”, revelou Marlene.

Segundo ela, o grupo recebeu apoio de todos os parlamentares. “Todos os deputados que falaram mencionaram Meaípe. Eles se colocaram à disposição da gente para apoiar esse movimento e nos ajudar no que for necessário para a gente conseguir isso. O que a gente entende é que eles vão abraçar nossa causa e lutar junto com a gente, mas sabemos que é uma batalha. Conseguimos subir mais um degrau na nossa escada”.

 

Deixe seu comentário

Comments are closed.