As artes, em geral, carregam em si arraigados conceitos diversos e fluidos em direções caleidoscópicas. É dizer que o artista, na plenitude, carece não só de suas habilidades empíricas ou não, mas de elementos norteadores para o devido congraçamento junto ao público.

músicaUma música carrega no mesmo complexo quebra-cabeças, peças que à grosseira vista, jamais se encaixariam, mas sobrevivem harmoniosamente em cooperação fundamental.

Trazemos para a arte vivências, conhecimentos acadêmicos ou não, regionalismos, influências, mas a engrenagem formadora fundamental à plena comunicação, sempre será a sinceridade.

Sinceridade comum a A Capela Sistina, situada no Palácio Apostólico, que é famosa pela sua arquitetura, inspirada no Templo de Salomão do Antigo Testamento, e sua decoração em afrescos, pintada pelos maiores artistas da Renascença, incluindo Michelangelo, Rafael, Bernini e Sandro Botticelli.

Seria possível a todos esses gênios citados, terem alcançado grau de excelência tamanho, apenas por possuir em suas cidades “espaços culturais”?

Ou ainda, teria Wolfgang Amadeus Mozart sido autor de mais de seiscentas obras, muitas delas referenciais na música sinfônica, concertante, operística, coral, pianística e camerística, apenas se valendo do mesmo chavão? A resposta é NÃO.

cultura Característica comum aos gênios é a plena certeza do “Só sei que nada sei” socrático e comburente essencial ao crescimento constante do conhecimento.  O combustível dessa busca de conhecimento também é o próprio conhecimento.

Incentivar a cultura é fomentar as bases educacionais em função de enriquecer intelectualmente um povo, sendo a soma de conhecimentos diversos distribuídos sob a forma de conceito, em todas as vertentes artísticas.

Que não lancemos mão da política populista do “dar o peixe sem a vara e sem ensinar a pescar”.

Procedimento autofágico

Habilidades técnicas necessárias ao pleno desempenho artístico, seja música, pintura, escultura… não são mais que ferramentas nas mãos do jardineiro no trato do jardim. Tudo é fundamental desde o ancinho ao jardineiro, passando pelo jardim.

Haja vista que em questão de minutos é possível se criar um tutorial de “Como se fritar ovos”, tornando sua habilidade acessível aos Esquimós, por exemplo, clamar por espaços culturais, naufraga tanto em forma quanto em função, sobretudo de ordem cronológica.

Márcio Yguer Resumindo:

Cultura incentivada, também carece de cultura estabelecida, que necessita de cultura de conhecimento… num loop cultural.

Márcio Yguer é músico, produtor musical e filósofo.