JB Padrão
Banner TOP

Na solenidade de comemoração dos 50 anos do Movimento de Educação Promocional do Espírito Santo (MEPES), o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag), assinou a ordem de serviço para a instalação da antena de telefonia móvel e internet 3G na comunidade de Nova Esperança.

O ato faz parte do Programa Campo Digital. A comemoração dos 50 anos do MEPES foi realizada na unidade de Piúma e contou com a presença do vice-governador César Colnago; do secretário de Estado da Agricultura, Ideraldo Lima; do secretário de Estado da Educação, Haroldo Corrêa; do secretário de Estado do Turismo, Ricardo Wagner; da diretora-presidente do Incaper, Nara Sthefania Tedesco, além de outras autoridades estaduais e locais.

O vice-governador César Colnago destacou a importância da infraestrutura rural. “Quando levamos melhorias para o interior, estamos levando para as famílias rurais. São famílias que precisam de saúde, estrada, educação, cultura, tecnologia. Por isso a parceria com o MEPES vai além das escolas, chega à famílias e comunidades inteiras que passam a compartilhar do conhecimento que os alunos levam para as propriedades”.

O secretário Ideraldo Lima enalteceu a história do MEPES e falou sobre o Programa Campo Digital. “Sou nascido no interior de São José do Calçado e me identifico com a história da escola família agrícola. E esse Programa Campo Digital é uma iniciativa que está em andamento no Governo, por meio da Seag, que permite a inclusão digital dos jovens e de todos que moram nas áreas rurais. E a antena de Nova Esperança já está sendo implantada”, disse o secretário Ideraldo Lima. 

Programa Campo Digital

Como forma de facilitar a comunicação do homem do campo e levar a inclusão social às comunidades do interior do Espírito Santo, o Governo do Estado – por meio da Secretaria de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag) – lançou, em maio deste ano, o novo programa de instalação de antenas de telefonia móvel rural, o “Campo Digital”. Serão 100 antenas espalhadas pelo Estado, sendo que 50 já estão contratadas e outras 50 em licitação.

O investimento total será de R$ 30 milhões e o pagamento às empresas vencedoras será feito por meio de Concessão de Crédito Outorgado de Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

O objetivo da implantação da telefonia móvel rural é permitir o contato entre produtores, consumidores, fornecedores e compradores, reduzindo o custo da produção, já que o produtor rural não precisará mais se deslocar para se comunicar com outros agentes que formam a cadeia produtiva. Além disso, permite ao homem do campo melhor integração entre meios urbano e rural, levando dignidade e inclusão social.

Institucional Basic Idiomas
Institucional MAllagutti
Banner Marcelo
Institucional M Conveniências [banner top]

Padrão
PMG

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here