Na tarde desta quarta-feira (18), a demolição de mais uma parte da arquibancada do antigo estádio Davino Mattos e de um imóvel que ficava ao lado da floricultura, deixou os comerciantes da região apreensivos.

Durante esta quarta-feira, as máquinas realizam a demolição de um imóvel que ficava ao lado da floricultura. A parede rosa faz parte da floricultura.

Na floricultura, os funcionários não estavam realizando atendimentos com medo, já que o estabelecimento balança a cada vez que as máquinas avançam com a demolição.

“Os funcionários estão desde cedo do lado de fora. Os clientes entram e a funcionária vai lá dentro e pede para eles saírem. Estamos com medo que a loja também caia, está tremendo tudo, hoje não foi realizado nenhum atendimento, e todos estão com muito medo” diz uma cliente que preferiu não ser identificada.

Ela conta que não localizou nenhuma notificação de que a obra teria início, e que a floricultura da amiga, por estar ao lado, pode ser afetada. “Ninguém falou nada, eles começaram a demolição no feriado, mas hoje não tem condições nenhuma de atender. Estamos com medo que o comércio possa cair”, completou ela.

O Portal 27 procurou a prefeitura que informou, através de nota,  que a empresa tem licença para a demolição das arquibancadas e que enviou um fiscal para averiguar a questão da segurança do comércio ao lado. A prefeitura disse ainda que o engenheiro contratado pelos donos do espaço também entrou em contato com os comerciantes vizinhos para verificar a segurança dos imóveis.

Deixe seu comentário