O deputado estadual Marcos Garcia (PV) protocolou, na tarde desta quarta-feira (11), o Projeto de Lei (PL Nº168/2020) que obriga as pessoas com suspeita de contaminação com o coronavírus (Covid-19), no Espírito Santo, a realizarem o teste para a detecção da doença, bem como cumprirem o período de quarentena determinado pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

“Nossa proposta visa a garantir a saúde e a segurança da população capixaba”, destaca o deputado.

De acordo com Marcos Garcia, a recusa de um morador de Brasília (DF), na terça-feira, e agora de um capixaba a realizarem o teste motivou sua proposição. “Nesta quarta-feira, a OMS declarou que estamos vivendo uma pandemia do novo coronavírus. Todos nós temos a obrigação de adotarmos medidas para impedir o avanço da doença, e a recusa a realizar o exame e a manter-se em quarentena só agrava o quadro. Nossa proposta visa a garantir a saúde e a segurança da população capixaba”, destaca o deputado.

Marcos Garcia explica ainda que, na próxima semana, pedirá o regime de urgência na tramitação do projeto de lei. “Enquanto isso, medidas simples podem evitar a propagação desta e de outras doenças, como lavar bem as mãos com água e sabão ou usar álcool em gel, manter os ambientes ventilados. Ao tossir ou espirrar, cubra nariz e boca. E, estando doente, evite aglomerações”, afirma Marcos Garcia.