O prazo acabou e infelizmente os moradores de Meaípe não conseguiram ver o bairro com as melhorias anunciadas pela prefeitura. Afinal, hoje, dia 14 de março se encerra o prazo estipulado para a entrega de duas obras importantes: a pavimentação asfáltica e também da revitalização da orla.

Licitação. Preocupados com o andamento das obras, moradores e comerciantes buscaram respostas na prefeitura. Eles foram recebidos pelo prefeito Edson Magalhães, na quarta-feira dessa semana. A promessa, segundo um dos presentes, o comerciante Geraldino Nascimento, é de que a prefeitura pode cancelar a licitação com a atual empresa se a obra continuar nesse ritmo para que a próxima possa assumir e realizar o trabalho.

A placa afixada na Praia de Meaípe.

“O prefeito nos informou que a primeira verba vinda do Governo Federal teve problemas. Um valor chegou a ser depositado, mas a conta estava errada. O problema seria um erro da Caixa Econômica, mas que já está sendo resolvido. E apesar disso, o prefeito ainda esclareceu que com as novas regras do governo federal todo empreiteiro precisa ter duas coisas quando vence licitação pública: dinheiro para tocar a obra, e paciência para receber. Principalmente se tratando de obra com dinheiro federal”, disse o comerciante a equipe do Portal 27.

Qualidade. Geraldino comentou ainda, que quando teve oportunidade de falar sobre as obras em Meaípe, questionou ao prefeito, sobre a qualidade.

“O padrão de qualidade das obras da gestão dele não se vê em Meaípe. Na Praia do Morro por exemplo, parece ficar mais bonito do que em Meaípe. E o prefeito nos disse que cimento e ferro é igual em todos os lugares, mas o que não pode acontecer, é a empresa contratar mão de obra barata, comprometendo a boa qualidade do serviço”, conta Geraldino, que ainda completa que a reunião foi de grande importância e muito proveitosa.

Moradores cobram respostas para pavimentação asfáltica em Meaípe.

 Sem recursos. Para a imprensa a prefeitura explicou que essa situação ocorre porque governo federal não liberou nenhum recurso sequer no convênio para revitalizar a orla e pavimentar ruas do balneário.

A prefeitura informa que pediu aditivos no contrato para o mês de agosto e já estuda pedir para dezembro. Ainda de acordo com a prefeitura, a obra de revitalização da orla está 23,66% concluída.

O convênio para essa obra junto ao governo federal é de R$ 1.267957,20 com contrapartida de R$ 12.679,97 da prefeitura, que informa que pagou sua parte, mas não recebeu nenhum repasse federal. “Caso o repasse seja realizado logo, o município pretende concluir até agosto”, disse a prefeitura em nota à imprensa.

Pavimentação. O convenio para a pavimentação é de R$ 1 milhão com contrapartida de R$ 25 mil da prefeitura, que já pagou. Esse recurso também não foi liberado pelo governo federal e só 1% da obra foi realizada. A prefeitura diz que se o recurso for liberado, termina a obra em dezembro.

Deixe seu comentário