A Prefeitura de Guarapari, através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Agricultura (Semag), em parceria com o Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), promove o terceiro dia de campo para tratar de assuntos relacionados a cultura da uva município.

O encontro será realizado nesta sexta-feira, às 8h30, no Sitio Sonho Meu, em Cachoeirinha. O programa surgiu através de uma demanda do executivo e várias ações já foram realizadas, como palestras, excursões, visitas técnicas, atendimentos e dias de campo.

Os temas abordados durante o encontro serão: Podas de formação e condução com o palestrante Carlos Alberto Sangali de Mattos, Engenheiro Agrônomo, extensionista do Incaper; Implantação e construção da Latada (Parreira), com o palestrante Aurinho Rocha Machado, técnico agropecuária e gerente de assistência técnica Semag; Adubação e controle de pragas e doenças, palestra de Cassio Vinicius de Souza, engenheiro agrônomo e extensionista do Incaper.

Os dois primeiros encontros foram realizados em outubro de 2018, o primeiro foi na comunidade de Todos os Santos, na propriedade do senhor José Bravim. Já o segundo, foi realizado na comunidade de Buenos Aires, na propriedade do senhor Paulo César Brambati.

Ao todo, 43 agricultores em 17 comunidades rurais. De início, eles receberam os diagnósticos de suas propriedades para verificar a possibilidade de plantio. Além disso, foi elaborado o plano de produção de cada produtor que recebeu a capacitação necessária para o plantio e a colheita da fruta.

Somente em 2018, foram distribuídas 12 mil mudas de espécies para consumo in natura (mesa) e suco. Para a mesa foram inseridas as mudas do tipo Niagara Rosada. Para suco, vinho e consumo de frutas sem sementes, foram entregues mudas das espécies Niagara, Vitória, Ises e Carmem. A intenção é expandir o programa de acordo com a demanda e a solicitação de outros produtores.

“As mudas, adquiridas pelo município e doadas aos produtores, são da Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária), todas elas certificadas e que vêm produzindo o fruto de qualidade”, disse a secretária de Meio Ambiente e Agricultura, Thereza Christina Santos.

Segundo o secretário adjunto de Agronegócio, Davi Arpini, em no máximo três anos, esses frutos já terão com o potencial esperado para a comercialização. “Esses primeiros frutos que começam a ser colhidos precisam ser retirados para não sugar a energia da planta, mas já é possível ver uma qualidade excepcional nesse início de produção”, finalizou Davi.

Local: Cachoeirinha/ Sitio Sonho Meu.

Data: 15/02/2019

Horário: 8h30

Temas Abordados

1º Estação: Podas de formação e condução; (palestrante: Carlos Alberto Sangali de Mattos, Engenheiro Agrônomo, extensionista do Incaper).

2º Estação: Implantação e construção da Latada (Parreira); (palestrante: Aurinho Rocha Machado, técnico agropecuária, gerente de assistência técnica Semag).

3º Estação: Adubação e controle de pragas e doenças; (palestrante: Cassio Vinicius de Souza, Engenheiro Agrônomo, extensionista Incaper).