Ponte em Iconha, onde os dois rapazes trabalhavam quando morreram eletrocutados.

Dois homens, que trabalhavam na reconstrução da ponte de Iconha, morreram eletrocutados ao encostarem, com uma barra de ferro, num fio de alta tensão. A fatalidade aconteceu na manhã desta terça-feira de carnaval (25).

As vítimas, de 23 e 25 anos trabalhavam para uma empresa de Montes Claros, Minas Gerais, que foi contratada pelo governo do Estado para reformar a ponte, destruída nas intensas chuvas do início deste ano. Os nomes ainda não foram divulgados, porque as famílias ainda não foram informadas dos óbitos.

O atendimento aos dois homens foi realizado pelos bombeiros e pela Polícia Militar. Os corpos foram retirados pela Perícia Civil, que realizará os exames cabíveis.