De acordo com dados divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), ontem (27) foram registradas 89 pessoas curadas do novo coronavírus em Guarapari, com um total de 1.459 que já se recuperaram da doença.

Maria Helena Brandão é uma das pessoas curadas de Guarapari.

O número de curados representa 80% dos que foram contaminados pela Covid-19, que até o dia de ontem eram 1.817. A taxa de letalidade da doença no município está em 4,24%, com um total de 77 óbitos.

Moradora de Guarapari considerada curada da doença, a recepcionista Maria Helena Brandão Andrade Maioli, conta sobre o medo que teve e que mesmo após vencer a doença, é possível ser infectado outra vez.

“Tem que ter muito psicológico. No período que fiquei no Hospital, parecia filme de terror: você vê gente chegando, correndo, passando muito mal. Dorme em um lugar e acorda no outro, todo entubado. Tem que ter muito Deus no coração pra conseguir enfrentar. Minha família e meus amigos rezaram, todos os dias às 18h, por mim”, lembra ela.

E Lena faz um alerta sobre o perigo da doença. “Evite aglomerações, fique o máximo que puder em casa e, se tiver que sair, use a máscara. Não é brincadeira”.

Internados. De acordo com a prefeitura, 16 pessoas seguem internados devido a complicações do coronavírus, e 99 guaraparienses ainda estão no aguardo do resultado do exame da doença.

Mesmo com uma alta taxa de curados, a cidade ainda segue no risco moderado devido ao alto número de contaminação. Nesta última segunda-feira por exemplo, enquanto tinha 89 pessoas curadas, Guarapari registrava mais 75 pessoas contaminadas.

Por João Pedro Barbosa, estagiário