Marina Storck, 17 anos, aluna do 2º ano da Escola Estadual Angélica Paixão, já é uma artista digna de nota. Seu talento foi apresentado ao público no último dia 23, em exposição na entrada do auditório principal do Sesc de Guarapari.

Marina, que é autodidata, ou seja, nunca fez curso algum na área, conta que sempre gostou de desenhar, mas só começou a levar a sério e a se dedicar para melhorar no ano passado. “Todos os trabalhos foram feitos no ano passado, num momento onde eu queria evoluir e praticar minhas habilidades”, afirma sobre o material exposto na mostra com nome “Faces”.

Marina apresentou seus trabalhos na Exposição Faces. Foto: divulgação

A exposição da  estudante Marina Storck não tem esse nome por acaso, a artista, que colocou na exposição tanto pinturas surrealistas, quanto desenhos realistas, conta que gosta de enfatizar a face humana. “Principalmente feminina, que eu gosto muito de reproduzir, pois eu acho que as mulheres já foram apagadas o suficiente da nossa história, então eu tenho uma paixão em especial nessa reprodução dos traços femininos”.

 

Marcelo Moryan prestigiou a exposição da estudante Marina Storck. foto; Divulgação

Marcelo Moryan, publicitário e fotógrafo renomado, prestigiou a exposição de Marina e ficou encantado: “A Marina é aquele ser de Luz, multimídia, cativante e que nos faz acreditar que todo talento genuíno vem acompanhado de humanidade. O que diferencia o “Talento” do “Comum” é esta percepção que alma tem ao representar nossos arquétipos – espelho das nossas fantasias e realidades – e isso a jovem Marina tem de sobra!”.

 

Desenhos realistas na Exposição “Faces”.

Marina, que pretende estudar Artes Visuais, conta que já havia ficado entre os três primeiros colocados em um concurso de desenho do Instituto Federal de Minas, mas essa foi sua primeira exposição: “Foi uma experiência incrível!! Amei ver todas aquelas pessoas olhando minhas pinturas, perguntando sobre, pegando meu contato… Me senti uma artista de verdade naquele momento, até porque muitos daqueles desenhos eu só havia postado nas redes sociais, foi a primeira vez que eu fiz algo grande assim”.

Comments are closed.