Durante o lançamento de sua candidatura a deputado estadual na última segunda feira (21), (Reveja aqui) o ex-prefeito de Guarapari, Edson Magalhães (DEM), deixou em seu discurso, uma frase que causou um certo espanto e mal estar em alguns dos presentes. “Eu e Orly Somos diferentes”, disse ele, referindo-se ao atual prefeito e seu sucessor, Orly Gomes (DEM).

Embora os dois sejam do mesmo partido e Orly tenha sido eleito com a força de Edson, o clima entre os antigos parceiros não parece nada bom. Um exemplo disso. No evento com palestra de Paulo Hartung (PMDB), (veja aqui). Orly apareceu, mas Edson, que também era esperado, não.

IMG_0229
Edson abriu seu discurso dizendo que ele e Orly são diferentes. Foto Wilcler Lopes.

Nos bastidores, desde o ano passado, dizem que Edson e Orly não falam a mesma língua. Tudo teria começado com algumas mudanças administrativas que Orly fez na prefeitura, deixando aliados de Edson com menos força. Até aí tudo bem, mas quando Orly aceitou, junto com o governo do Estado, transformar a UPAI em Maternidade, como foi anunciado com exclusividade pelo Portal 27, (confira aqui) Edson teria ficado possesso.

Edson seria secretário de Orly
Edson elegeu Orly como seu sucessor. Foto Divulgação.

Ele fez inclusive uma reunião com os funcionários, dentro da própria UPAI, dizendo que era totalmente contrário a transformação do UPAI em maternidade. Comprovando que não estava satisfeito com essa mudança, em entrevista ao portal 27 no lançamento de sua candidatura, Edson tocou no assunto. “O governador do Estado achou melhor derrubar o UPAI para poder contratar um hospital por causa de politicagem; do que pegar um hospital que tinha na cidade e reformar. Com isso você prejudicou as pessoas que moram aqui, e quebrou um ambiente de primeiro mundo. Trocou 60 atendimentos mês, por seis mil atendimentos que era a UPAI. Por que ele não fez isso aí de forma provisória em outro lugar?”, criticou.

UPAI
UPAI antes de se tornar maternidade.

O ex-prefeito disse ainda que o certo, segundo ele, era preservar a UPAI. “É a política feia. A política certa era preservar aquilo e criar um ambiente para as mães, até mesmo por que nós temos um hospital à vista”, disse ele, referindo-se ao Hospital Cidade Saúde, que será construído no loteamento dos adventistas. “É uma coisa que eu fico pensando. O Edson se tivesse derrubado um metro quadrado de granito estava lá com processos. Hoje, o governo pode vir aqui e pode destruir tudo numa boa. Eu nunca vi isso na minha vida”, afirmou.

IMG_0224
“Eu posso ser diferente para fazer igual e posso ser diferente para fazer o pior”, diz Edson. Foto Wilcler Lopes

“Somos diferentes”

Além de criticar a situação da saúde, Edson parece ter aproveitado o lançamento de sua candidatura, para mostrar que existem sinais de rompimento em seu grupo. “Eu e Orly Somos diferentes”, disse para aplausos de uns e espanto de outros.  Ao ser questionado por que teria afirmado que ele e Orly eram diferentes, Edson desconversou. “O povo me entendeu mal. Eu falei que os políticos são diferentes. Eu estava me referindo a cada pessoa. Nós somos diferentes. Agora, nós somos diferentes como? Eu posso ser diferente para fazer igual e posso ser diferente para fazer o pior. Neste contexto eu quero lembrar o seguinte. Edson Magalhães foi diferente para fazer o melhor para Guarapari”, finalizou.

Deixe seu comentário