O governador Paulo Hartung anunciou na manhã desta terça-feira (12), um novo concurso para magistério estadual. A previsão é que sejam abertas mil vagas e que o edital seja publicado até o final deste ano. O anúncio foi feito durante a cerimônia de posse de 700 novos professores do último concurso, realizada na Escola Viva São Pedro, em Vitória.

professor “Esse é um momento significativo para os professores presentes e também para o nosso Estado. Parabenizo a todos pela dedicação e pela conquista. Para o ano que vem, vamos ter a realização de mais um concurso, com mais mil profissionais que irão somar a nossa rede estadual de educação. Nossa meta é realizar um concurso a cada ano, equilibrando e fazendo a substituição da rede estadual de ensino no sentido de dar continuidade ao processo de ensino e aprendizagem. Precisamos superar os desafios da Educação. O Brasil passa por um período de dificuldades e queremos que as nossas escolas públicas sejam luz para iluminar o conhecimento e portas e janelas de oportunidades para os milhares de jovens”, destacou o governador.

Os 700 profissionais empossados vão atuar nas escolas da rede pública estadual, com estudantes do Ensino Fundamental e Médio, a partir desta terça-feira (12).

Para o secretário de Estado da Educação, Haroldo Rocha, ver um grande contingente de jovens presentes na cerimônia é uma grande alegria. “Esse é um ato de mudança e movimento, solidificando a melhoria da educação e abrindo uma nova etapa na vida profissional desses professores. Vamos começar a trabalhar para lançar o novo concurso até o final do ano, com previsão de mais mil vagas. Nosso objetivo é realizar um concurso de remoção, onde os professores efetivos são contemplados com a mudança para outra escola em caráter definitivo e, logo após, publicar o edital com abertura de novas vagas”, ressaltou Haroldo.

Concurso0407 O último concurso público do magistério estadual foi realizado em 2015. Foram abertas 1.178 vagas para 76 municípios capixabas e distribuídas por disciplina: Arte (41 vagas), Biologia/Ciências (72 vagas), Educação Física (30 vagas), Filosofia (14 vagas), Física (73 vagas), Geografia (87 vagas), História (39 vagas), Língua Inglesa (67 vagas), Matemática (455 vagas), Língua Portuguesa (218 vagas), Química (59 vagas), Sociologia (23 vagas).

O professor de História, Luís Eduardo Formentini, que atuará no município da Serra, estava muito contente com o início das atividades. “Estou muito feliz, pois é uma oportunidade de fazer a diferença, de oferecer tudo o que aprendi no curso de pedagogia para os alunos. Estou ansioso para encarar o desafio de contribuir para a formação dos jovens. A educação é um caminho difícil, mas muito gratificante”.

Já o professor de Matemática, Carlos Costa dos Reis, contou que trabalha na rede particular há alguns anos e está empolgado para fazer parte da rede estadual. “Vejo a educação como essencial para as crianças e jovens do Espírito Santo. A escola que escolhi é de ensino fundamental, pois quero formar cidadãos e contribuir para o futuro deles”.

Com a posse dos novos professores, as vagas atualmente ocupadas por docentes com contratos de designação temporária serão substituídas pelos efetivos. Assim, o Governo do Estado ganha na operacionalidade e os recursos serão otimizados.

O objetivo do Governo do Estado é que seja realizado, anualmente, concurso para professores, para recompor gradativamente o quadro efetivo do magistério estadual.