Em coletiva de imprensa na manhã de hoje, o Governo do Estado anuncia o pagamento do Bônus Desempenho para professores e servidores da área. O investimento será de R$ 35 milhões e vai contemplar 20.880 mil profissionais em todo o Estado.

professores_2
Investimento será de R$ 35 milhões e vai contemplar 20.880 mil profissionais em todo o Estado.

“Essa é uma boa notícia para os profissionais da nossa rede. Com muito controle das contas, conseguimos garantir o pagamento do Bônus Desempenho. Isso é fruto do trabalho de otimização dos recursos que estamos fazendo desde o início do ano. É um esforço do Governo do Estado, pois Educação é prioridade. O Bônus Desempenho não é simplesmente um prêmio em dinheiro, ele ajuda a melhorar a qualidade da Educação. É um estímulo para que todos se empenhem cada vez mais, para termos escolas cada vez melhores e com mais qualidade”, destacou o secretário de Estado da Educação, Haroldo Rocha.

O Bônus Desempenho é um prêmio em dinheiro concedido anualmente aos profissionais que atuam em escolas e outras unidades da Sedu, calculado com base em indicadores coletivos e individuais. O profissional da Secretaria pode receber até um salário a mais por ano, conforme os resultados apurados pela unidade de ensino onde exerce suas funções, mais o seu desempenho individual.

“O Bônus é uma ferramenta criada em 2010, com o objetivo de reconhecer, estimular e valorizar o esforço dos profissionais que atuam na Secretaria da Educação. O pagamento do Bônus será efetuado no dia 29 de julho, na mesma data do calendário de pagamento do mês de julho”, ressaltou o secretário.

Cálculo

coletivasedubonus070715 (1)
Secretário de Estado da Educação, Haroldo Rocha, anunciou as medidas hoje. Foto: Thiago Guimarães / Secom

Para o indicador coletivo, é estabelecido o Índice de Merecimento da Unidade (IMU). Trata-se de um percentual obtido a partir do Índice de Desenvolvimento das Escolas (IDE), que reúne o desempenho dos alunos no Programa de Avaliação da Educação Básica do Espírito Santo (Paebes), o nível socioeconômico da família onde está situada a escola e o nível de ensino de seus estudantes.

Já o indicador individual observa o quanto o profissional contribuiu para o resultado da escola por meio de sua frequência. Para ter direito ao Bônus, o profissional precisa ter cumprido pelo menos 2/3 do período de avaliação, compreendido entre 1º de maio e 31 de outubro do ano anterior ao pagamento. Nesse indicador, a assiduidade também é valorizada e, por essa razão, são aplicados 7% de desconto do valor do bônus para cada dia de registro de ausência. Acima de nove ausências, os profissionais recebem o piso (30% do valor a que teriam direito).

Valorização
Outras ações para beneficiar o magistério foram realizadas desde o início do ano pelo Governo do Estado. Uma delas é o concurso de remoção, que está em andamento, para professores e pedagogos efetivos da rede estadual. E também o anúncio da abertura de concurso público com 1.100 vagas para professor, com lançamento do edital previsto para o segundo semestre.

Mais-professor
O Bônus Desempenho é um prêmio em dinheiro concedido anualmente aos profissionais que atuam em escolas e outras unidades da Sedu.

Outra iniciativa foram as publicações: da promoção por tempo de serviço e a ascensão funcional para profissionais do magistério. As ações valorizam os profissionais que buscam o desenvolvimento pessoal e a inovação nas escolas da rede pública estadual.

A valorização do magistério é uma das principais ações propostas no Planejamento Estratégico 2015-2018. Por isso, a Sedu está trabalhando fortemente para implantar uma nova política de formação para os profissionais da área, visando à valorização e recomposição gradual do quadro do magistério.

Deixe seu comentário

Comments are closed.