O Núcleo de Repressão às Organizações Criminosas e à Corrupção (Nuroc), em conjunto com a Polícia Civil, deflagrou na manhã desta quinta-feira (10) uma operação para cumprir mandados de prisão, busca e apreensão. A operação conjunta foi dividida em três ações denominadas como “Operação Falange”, “Operação Estado Presente 14” e “Operação Tentáculos”.

Operação Falange
Operação Falange: Flavielly da Silva Romualdo (blusa branca), Virlanda Francisca Silva (blusa preta), Sandra Reginal de Carvalho (blusa cinza), Gisley da Silva Conceição (blusa estampada) e Rafael Phaulo Vincente Figueiredo.Foto: PC

A ação foi realizada nos municípios de Vitória, Vila Velha, Cariacica, Serra, Viana, Guarapari, Linhares e São Mateus e resultou na prisão de 14 pessoas envolvidas com o tráfico de drogas, comércio ilegal de armas e homicídios.

De acordo com o Secretário de Estado de Segurança Pública e Defesa Social, André Garcia, o objetivo da operação, que faz parte das ações do Programa Estado Presente, foi retirar das ruas criminosos com mandado de prisão em aberto. “Nosso foco é garantir o aumento da segurança e a diminuição da criminalidade. Por isso, estamos dando continuidade ao trabalho de combate à violência, com redução na taxa de homicídios, que apresenta redução de 30% nos últimos quatro anos”, afirmou.

Operação Estado Presente 14
Operação Estado Presente: Wagner Ferreira da Silva ( camisa preta), Adenilton Rodrigues Soares (camisa verde listrada) Luan Resende Buarque (camisa branca). Foto: PC

A “Operação Falange” foi executada pelo Nuroc, e resultou na prisão de cinco pessoas identificadas como Flavielly da Silva Romualdo, de 20 anos; Virlanda Francisca Silva, de 39 anos; Sandra Reginal de Carvalho, de 59 anos; Gisley da Silva Conceição, de 30 anos; e Raphael Paulo Vincente Figueiredo, de 24 anos, conhecido como “Rafael cabeção”.

Segundo a delegada Lana Lages, coordenadora do Nuroc, todos os presos são acusados de integrar uma organização criminosa bem articulada, tendo cada integrante uma função a ser desenvolvida. “Durante as investigações constatamos que esses criminosos eram responsáveis para cumprir ordens de detentos para o controle do tráfico de drogas e armas no Estado. As tarefas eram distribuídas de forma hierárquica”, disse.

Presos
Operação Tentáculos: Marcos Marques Santos, Consuelo Morais de Pinho, Breno Francisco Ramos de Oliveira, Fabiano Pinheiro Costa, Eliandro Pereira Shinaider Mantovaneli, Hélio Marcio Alves. Foto PC.

Em continuidade aos cumprimentos de mandados de prisão, durante a “Operação Estado Presente 14”, em Vila Velha, a polícia prendeu Wagner Ferreira da Silva, de 24 anos, suspeito de tentar matar Edson Ferreira da Silva. O crime aconteceu no dia 02 de fevereiro de 2009. A motivação seria uma divida no valor de R$ 10, por conta de drogas. Também foi detido no município Luan Resende Buarque, de 23 anos.

Ele é apontado como autor do homicídio de um adolescente de 17 anos, ocorrido em 2012. Já na cidade de Cariacica, Adenilton Rodrigues Soares, de 40 anos, foi preso no bairro Vale dos Reis. Ele é acusado do homicídio de João Mariano Oliveira, ocorrido no dia 16 de setembro de 2009.

Guarapari. Já a “Operação Tentáculos”, executada pela Delegacia de Crimes contra a Vida de Guarapari desarticulou uma organização criminosa sustentada pelo tráfico de drogas e armas. Foram presos Marcos Marques Santos vulgo “Marquinho da baiana”, de 32 anos, Hélio Marcio Alves vulgo “marcinho”, de 37 anos, Consuelo Morais de Pinho vulgo “valeska”, de 36 anos, Fabiano Pinheiro Costa vulgo “bunda rosa”, de 26 anos, Eliandro Pereira Shinaider Mantovaneli vulgo “fininho”, de 24 anos e Breno Francisco Ramos de Oliveira vulgo “boiadeiro”, de 31 anos.

Com informações da SESP.

Deixe seu comentário