JB Padrão
Banner TOP

Guarapari foi a segunda cidade capixaba onde mais choveu de segunda-feira para hoje. Foram registrados 74,2 milímetros de chuva das 9 horas de ontem até as 9 horas de hoje. Viana ficou em primeiro lugar, recebendo 82,2 milímetros.

Foram registrados diversos pontos de alagamento na cidade. Foto: Michelly Machado Sabino – colaboradora

Mas apesar da chuva forte e constante, nenhum incidente foi registrado. Várias ruas ficaram alagadas e em alguns casos a água entrou na casa dos moradores, mas não houve nenhum registro de feridos. Confira a lista das cidades onde mais choveu no Espírito Santo:

VIANA 82.2

GUARAPARI 74.2

ALFREDO CHAVES 65.2

ARACRUZ 60.03

CARIACICA 56.48

SERRA 51.8

RIO NOVO DO SUL 50.2

VITÓRIA 46.27

VILA VELHA 39.18

BARRA DE SÃO FRANCISCO 39.18

ECOPORANGA 34.75

DOMINGOS MARTINS 28.42

NOVA VENÉCIA 23.64

CASTELO 23.15

CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM 22.75

ÁGUA DOCE DO NORTE 21.7

A Secretaria de Segurança Pública divulgou as ocorrências relacionadas às chuvas em cidade capixabas.

Nova Venécia

Queda de barreira em estrada que liga Patrimônio Boa Vista e Comunidade São João – Zona Rural, próximo à divisa de Barra de S. Francisco.

Vila Velha

Queda de bloco em edifício, na Praia de Itaparica. Defesa Civil Municipal foi ao local.

Mantenópolis

Foi constatado pela Defesa Civil Municipal risco de desabamento de um muro de arrimo próximo a duas residências. Uma família ficou desalojada e uma família ficou desabrigada. Houve encaminhamento à Assistência Social do Município.

Vitória

1 – Bairro Jaburu – Ocorrência: Desabamento de muro entre imóveis particulares.

Imóveis interditados:

Interdição Parcial – 03 imóveis

Interdição Total – 02 imóveis

Total de 5 desalojados

2 – Bairro Conquista – Rua São Lázaro. Ocorrência: Afundamento da rua.

Obs. Interdição da via para recuperação.

Colatina

1 –  A ponte sobre o Rio Pancas, localizada entre os bairros Santa Helena e Mário Giurizatto, em Colatina, foi totalmente interditada nesta segunda-feira pela Defesa Civil.

2 –   Enxurrada de lama atinge 5 casas na comunidade de Reta Grande. Não tiveram feridos nem desalojados e os próprios moradores estavam limpando suas casas.

*com informações da SESP

Banner Marcelo
Institucional MAllagutti
Institucional Basic Idiomas

Padrão

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here