O Ministério Público Federal no Espírito Santo (MPF/ES) enviou ofício ao Ministério da Educação (MEC) pedindo esclarecimentos sobre a suspensão do ingresso de novos alunos no curso de Comunicação Social – Publicidade e Propaganda/Jornalismo da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes). O prazo para o órgão se manifestar é de 10 dias, contados a partir do recebimento do documento.

Além disso, o MPF/ES recomendou à Ufes que, caso o MEC não receba o recurso da Universidade contra o fechamento das novas vagas nos cursos de Publicidade e Propaganda e Jornalismo, seja reaberto o prazo de inscrição para os 659 candidatos inscritos no vestibular para Comunicação Social, a fim de que tenham oportunidade de optarem por um novo curso no processo seletivo.

ufes

O MPF/ES quer, ainda, que o MEC se manifeste sobre o recurso interposto pela Ufes e encaminhe a referida decisão sobre o assunto. Caso ainda esteja em andamento, a Procuradoria pede ao MEC que informe a previsão para a conclusão da análise, já que o vestibular está marcado para ocorrer nos dias 19, 20 e 21 de janeiro. O MPF/ES também pediu esclarecimentos quanto à realização de visitas in loco pela Comissão de Avaliação do MEC no ambiente acadêmico do curso de Comunicação Social, desde o primeiro desempenho insatisfatório obtido em 2009.

A suspensão
Os cursos de Publicidade e Jornalismo da Universidade Federal do Espírito Santo terão o vestibular suspenso em 2014. A decisão do Ministério da Educação foi publicada no Diário Oficial da União na sexta-feira (06). Além destes dois cursos, outros seis terão o vestibular suspenso.
Os da Ufes são os únicos entre os oito cursos capixabas suspensos que foram classificados como tendência descendente no Diário Oficial da União, o que, segundo o MEC, significa uma maior dificuldade para reabrir o vestibular no futuro. A Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) vai protocolar um recurso no Ministério da Educação (MEC), na quarta-feira (11), onde contesta a suspensão.

cefetes_vix-37104

Outros vestibulares suspensos no ES

No Espírito Santo, foram suspensos os vestibulares dos cursos de Administação da Faculdade Cândido Mendes, em Vitória; Faculdade de Educação da Serra; Faculdade de Ciência e Educação do Caparaó, em Guaçuí; e Casa do Estudante, em Aracruz. Os cursos de Ciências Contábeis da Cândido Mendes e da Faculdade Vale do Cricaré, em São Mateus, também tiveram o seu vestibular suspenso.

Recomendação.
O MPF/ES também recomendou à Ufes que garanta aos alunos a possibilidade de fazer inscrição para um novo curso, caso o MEC mantenha a suspensão do vestibular para ingresso de novos alunos no curso de Comunicação Social. A recomendação, assinada no dia 19 de dezembro, dá o prazo de 15 dias para manifestação da Universidade.

Deixe seu comentário