O sonho de jogar futebol em um grande time faz parte da vida de muitos meninos e para o adolescente Fábio Victor Reis, de 13 anos, este sonho está mais próximo de se tornar realidade. Após o carnaval ele viaja para Porto Alegre, onde vai morar e treinar na categoria de base do Grêmio a partir de 05 de março.

Fábio Victor mora com a família em Anchieta, onde há 4 anos começou a jogar futebol em um projeto da prefeitura.

Atualmente Fábio Victor mora com a família em Anchieta, onde há 4 anos começou a jogar futebol em um projeto da prefeitura. O pai do garoto, Fábio Pena Reis, é professor de educação física e também treina o filho. Ele relatou que o filho participou da seletiva com aproximadamente 300 meninos e foi o único selecionado.

“Ele joga em vários times do Estado e no dia 02 de novembro teve uma avaliação no time do Nova Iguaçu, em Cachoeiro. Veio um observador técnico do Grêmio para fazer a avaliação e selecionou ele. Estavam participando uns 300 atletas e só ele foi selecionado”, contou o pai cheio de orgulho.

O pai do também revelou que o filho já assinou contrato com uma empresa de agenciamento de jogadores profissionais e ela vai ajudar a custear a permanência do atleta no Grêmio. “O atleta vai para as avaliações e depois sempre te esses empresários que dão apoio a ele com viagens e material esportivo. É como se fosse um agente que vai ajudando a custear as despesas do atleta”, explicou.

Fábio Victor mostrando o seu talento em um dos treinos.

A mãe do atleta, Claudiana Lírio Reis relatou que o filho já foi aprovado em outros times, mas como não tinha idade suficiente, que é de 13 anos, para ficar no alojamento, ainda não havia ido treinar em um grande clube. “Ele já foi aprovado pelo Fluminense e pelo Cruzeiro e já fez teste em vários outros times, mas como tinha o problema da idade não podia ficar alojado”.

Fábio Vitor é o mais velho dos três filhos do casal e a mãe já está sofrendo com o afastamento do filho. “Estou feliz por ele, mas a gente não está acostumada a ficar longe, estou bem nervosa”.

Já o adolescente está ansioso para chegar a data da viagem. “Estou ansioso e feliz. Treino todos os dias para chegar lá e dar o meu melhor, treinar bem e fazer gols para entrar para a equipe titular”.

Deixe seu comentário

Comments are closed.