O surto de febre amarela segue preocupando a população capixaba. Para tentar prevenir que a doença em Guarapari, a Secretaria Municipal de Saúde vai expandir a vacinação para outras unidades de saúde da cidade e vai divulgar os locais no próximo dia 09.

Vacinação contra febre amarela passará a ser realizada em mais unidades de saúde em Guarapari.

Atualmente a vacina é aplicada apenas na unidade de saúde Doutor Roberto Calmon, no Centro, e no Centro Municipal de Saúde, em Muquiçaba.  Nestes locais a vacinação é realizada a partir das oito horas da manhã com a distribuição de 100 senhas.

Em nota a Secretaria Municipal de Saúde afirmou que “vacina já vem sendo administrada para o público alvo e população em geral havendo apenas restrições para crianças menores de seis meses, idosos acima dos 60 anos, gestantes, mulheres que amamentam crianças de até seis meses, pacientes em tratamento de câncer e pessoas imunodeprimidas”.

Segundo a Prefeitura, o município recebe lotes de vacinas semanalmente do Estado e está buscando medidas para atender melhor a população.

Segundo a Prefeitura, o município recebe lotes de vacinas semanalmente do Estado e está buscando medidas para atender melhor a população. “A Secretaria Municipal de Saúde está trabalhando para melhor atender a população, seguindo o protocolo do Programa Nacional de Imunização (PNI) e adotando algumas estratégias, tais como ampliado as salas de atendimento no Centro Municipal de Saúde, além de solicitar mais vacinas para atender a demanda do município”, explica a nota.

Na Grande Vitória a vacina foi expandida para toda a população nesta sexta-feira (24) após a divulgação de um laudo que aponta a febre amarela como causa da morte de um macaco recolhido em janeiro na Ilha do Frade, em Vitória.

DIA D: Nesta quinta-feira (23) o secretário Estadual de Saúde, Ricardo de Oliveira, esteve em Brasília para solicitar ao Ministério da Saúde mais 1 milhão de doses de vacina contra a febre amarela. Também está previsto para o dia 11 de março, sábado, o Dia D de Vacinação contra a Febre Amarela, incluindo os 18 municípios que não estão realizando vacinação cautelar.

CASOS: Até o dia 22 de fevereiro, a Secretaria de Estado da Saúde do Espírito Santo (Sesa) recebeu 189 notificações de suspeita de febre amarela. Dessas, 19 foram descartadas. Do total de 170 casos, 46 foram confirmados para febre amarela silvestre, sendo que 14 casos evoluíram para óbito e 32 pacientes receberam alta hospitalar. Neste mesmo período foram imunizadas 982.613 pessoas dos 60 municípios que estão realizando a vacinação cautelar, o que representa 72,32% da população.

Deixe seu comentário

Comments are closed.