Na manhã desta quinta-feira (05) a equipe do Portal 27 circulou pelo Centro de Guarapari e ouviu a reclamação de motoristas e pedestres sobre a infraestrutura de ruas e avenidas.

Maioria das faixas de pedestres estão apagadas.

O porteiro Jackson Santos Mota, de 23 anos, estava atravessando no que sobrou da faixa de pedestres da rua Simplício Rodrigues, próxima ao Radium Hotel, no Centro, e reclamou da falta de manutenção nas faixas em várias ruas da cidade.

“É muito complicado para nós pedestres que precisamos atravessar de um lado para outro nessas faixas de pedestres apagadas porque o motorista não respeita. Mesmo quando tem faixa eles já não respeitam imagine sem a faixa”.

Falta de sinalização na av. Davino Matos foi relatada por moradores do Centro.

Um motorista que não quis ser identificado reclamou da falta de sinalização na avenida Davino Matos, que passou por uma mudança recentemente no trânsito. “Eles tornaram essa rua de mão única, mas você não vê placa informando isso. Onde era o ponto de ônibus na praça da Bíblia virou estacionamento. Qualquer hora que você passar lá vai ver que fica cheio de carros em volta da praça”.

Para a estudante Márcia Alves a sinalização na avenida Pedro Ramos, ao lado do Canal, também não é suficiente. “Acho que eles deveriam colocar outro sinal ali na altura da feira. Os carros passam correndo demais e você fica sem opção porque só tem essa faixa aqui para atravessar ou lá quando alguém para na faixa de pedestres, mas nem sempre os motoristas param. Falta segurança com certeza”.

A reclamação na nova avenida é a falta de mais faixas de pedestres.

Já para o ambulante Renato Bauer, que trabalha no ponto de ônibus da avenida Pedro Ramos, o maior problema é a falta de consciência dos pedestres ao atravessar. “Não vejo dificuldade nenhuma porque os próprios pedestres, até os idosos, sabem que se andarem mais cinco metros para atravessar na faixa não custa nada e mesmo assim atravessam aqui fora da faixa. Já lá em baixo na curva eles tem que colocar um sinal sim porque lá não tem”.

O Portal 27 procurou a prefeitura para saber se existe previsão de se realizar a manutenção nas faixas de pedestres e recebeu a seguinte resposta: “A Secretaria de Fiscalização informa que essa necessidade é de conhecimento da gestão, isso porque foi constatado que desde 2014, não foram realizadas pela prefeitura. A secretaria já está efetuando a compra do material para realizar este serviço”. 

 A prefeitura também se pronunciou quanto a sinalização da avenida Davino Matos e informou que “o local possui sinalização de mão única. Uma placa, que exemplifica isso, está localizada na rua lateral da Igreja Católica. O local tem recebido atenção e a chegada do material vai proporcionar a pintura de faixas em todas as vias da cidade, incluindo a avenida. A secretaria informa ainda também que vai realizar melhorias na sinalização vertical, fará uma vistoria e em breve algumas placas que estão danificadas serão trocadas por novas placas”. 

O Departamento de Estradas e Rodagem (DER) também foi procurado para explicar se existem melhorias previstas para a sinalização das avenidas Davino Matos e Pedro Ramos e recebeu a seguinte resposta:

“A implantação de novos semáforos na Rua Pedro Ramos, verificou-se que isso inviabilizaria a fluidez do trânsito, já que a rua recebe grande quantidade de veículos da Ponte. Além disso, existe a sinalização indicando o limite máximo de velocidade na via. Nas ruas de acesso à Avenida Davino Matos, como a Rua do Trabalho e a Carlos Santana existem placas indicando um único caminho possível para os motoristas. Também foram retirados da Avenida os tachões que dividiam o trânsito em dois sentidos”.

 

Comments are closed.