Após o Ministério da Saúde decidir disponibilizar a vacina contra a gripe para toda  população, Estados e municípios estão sendo orientados a ofertar a partir de hoje (5), a vacina para todas as faixas etárias e não somente para pessoas do grupo de risco.

Moradores que quiseram se vacinar na Unidade de Saúde Dr. Roberto Calmon ( Centro) não conseguiram. Foto do leitor.

A medida é enquanto durarem os estoques e só é válida neste ano, sendo adotada porque ainda há um estoque disponível de 10 milhões de vacinas. Sabendo disso, alguns moradores de Guarapari, que não fazem parte do grupo de risco, procuraram na manhã de hoje o posto de saúde do centro (Dr. Roberto Calmon), mas não conseguiram se vacinar.

Campanha foi prorrogada até o dia 9, mas segundo a prefeitura de Guarapari, prioridade continua sendo do grupo de risco. Foto do leitor

“Soubemos que a partir de hoje, toda população deveria ser vacinada, porém o posto do Centro se recusou a nos vacinar alegando que não tem dose para nós. Sendo que outras pessoas estão sendo vacinadas”, disse uma estudante de 26 anos que pediu para não se identificar e não conseguiu se vacinar.

Ela reclama ainda que ninguém avisou nada. “Cheguei no posto as 6h30 e só avisaram que não iam vacinar as 7h40. Isso é um descaso. Já tinham várias pessoas na fila, perdemos horário de trabalho, a minha sobrinha que estava na fila também, perdeu o horário de prova na escola. Se o estado liberou é porque tem dose sobrando. Ligo para ouvidoria da saúde e não me atendem”, desabafou.  

Resposta. Procuramos a prefeitura para saber sobre as doses para pessoas fora do grupo de risco e formos informados pela Assessoria de Comunicação que “A Secretária Municipal de Saúde afirma que vai atender o pedido da Ministério da Saúde, mas a prioridade é do grupo de risco, uma vez que Guarapari precisa atingir a meta vacinal. Todas as Unidades de Saúde estão aplicando a vacina em horários diferenciados, conforme a demanda da região. É preciso que o cidadão procure a Unidade mais próxima para obter informação sobre o horário da vacinação.”

Comments are closed.