O único hospital Materno Infantil de Guarapari continua gerando reclamações entre os moradores. No Hospital Francisco de Assis (HFA),a  fila de espera para atendimento das crianças está deixando os pais com muitas reclamações . 

O Portal 27 recebeu um vídeo feito por Vinicius Barcelos na noite do dia 26 de março no qual ele mostra diversos pais com crianças de colo que já aguardavam três ou quatro horas por atendimento. No vídeo Vinícius afirma que muitos vão embora com seus filhos doentes, sem receber atendimento. Uma das mães afirmou estar com sua filha com febre há três horas sem medicação alguma. Vinícius pede uma solução. Veja o vídeo que nós recebemos. 

Resposta. Nós procuramos a assessoria do hospital que nos respondeu através de nota o seguinte:  

Nota de esclarecimento HFA – Tempo de espera no atendimento pediátrico

O Hospital Francisco de Assis – HFA, como única referência hospitalar em atendimento pediátrico no município de Guarapari e região, com pronto atendimento, internação e UTI pediátrica, possui uma demanda média diária de 120 atendimentos pediátricos. Entretanto, estatísticas de atendimento médico mostram que 90% do total desses atendimentos são sensíveis à atenção básica de saúde, ou seja, poderiam ser atendidos nas Unidades de Saúde do município. Além disso, como está ocorrendo nos principais hospitais pediátricos do Estado, no mês de março houve um aumento da procura do hospital pelos crescentes casos de doenças respiratórias, como a bronquiolite, comuns no período do inverno. Somado a isso, prevalecem as doenças do verão, como a gastroenterite.

Primando a qualidade, o Hospital Francisco de Assis utiliza o método Manchester de classificação de risco, que prioriza o atendimento de urgência e emergência. Por este motivo e pelo aumento da procura por atendimento no hospital, os casos de baixa complexidade precisam aguardar um tempo maior.

E como medida para diminuir o tempo de espera, desde o início de março o hospital aumentou o número de médicos atendendo no pronto socorro. O que anteriormente eram dois médicos, nos dias e horários identificados pela direção do hospital como de maior pico, aumentamos para três médicos atendendo. Também foi realizado um treinamento com as equipes da recepção, triagem, médicos e as responsáveis pela medicação para que esse atendimento seja mais efetivo e gaste menos tempo.

O HFA acrescenta que o atendimento pediátrico conta com uma equipe altamente capacitada em regime de plantão 24h/dia composta por dois médicos pediatras, dois pediatras intensivistas, dois médicos pediatras na rotina de internação, e anestesista, além da equipe de residência e enfermagem completa, atuando desde a classificação de risco.

Comments are closed.