Por Larissa Castro

Um terreno situado próximo à Avenida Paris, uma das mais movimentadas de Guarapari e que possui proprietário, se tornou ponto fácil para moradores de rua, usuários de droga e prostituição. Quem precisa passar pelo local, que fica na avenida Augustinho Brambati, frequentemente teme o que pode acontecer.

O local não possui mais muros que foram destruídos e além da insegurança, há o acumulo de lixo de todo o tipo e os moradores reclamam que mesmo sendo acionada diversas vezes, a prefeitura ainda não apresentou nenhuma solução para o problema.

Quem precisa passar pelo local, que fica na avenida Augustinho Brambati, frequentemente teme o que pode acontecer.

Um morador da Praia do Morro, que prefere não se identificar, afirma que já procurou o poder Executivo para que alguma providência fosse tomada e sem sucesso, entrou em contato com a equipe do Portal 27, como forma de apelo.

“Os viciados têm feito do espaço abrigo para materiais roubados, pois o matagal esconde tudo. Mas quem passa na rua, fica com medo, pois ali é muito fácil para servir de esconderijo de bandido e ao invés de dificultar as coisas para essas pessoas má intencionadas, a prefeitura não toma uma providência, deixando ainda mais fácil em um local que moram tantas pessoas ao redor”, desabafa o morador.

Local se se tornou ponto fácil para moradores de rua, usuários de droga e prostituição.

Punições. A Prefeitura de Guarapari foi questionada por nossa equipe se alguma atitude seria tomada para essa situação e nos respondeu que “O município dispõe de legislação específica que determina o fechamento e calçamento dos terrenos em Guarapari. Todos os proprietários de imóveis já foram cientificados dos prazos para cumprimento da legislação através do carnê de IPTU. Os prazos se encerram nos próximos meses (conforme quantidades de terreno que o proprietário tem).

Após a conclusão do prazo a Secretaria de Análise e Aprovação de Projetos adotará os procedimentos punitivos necessários. A Secretaria de Análise e Aprovação de Projetos e a Secretaria de Postura e Trânsito já foram acionadas para verificação da ocorrência”.

Deixe seu comentário

Comments are closed.