Na semana passada (15), o presidente da Câmara de Guarapari Wendel Lima (PSD), reuniu a imprensa para falar dos projetos da nova gestão à frente da Câmara. Wendel começou fazendo elogios ao trabalho dos profissionais da imprensa local. “Temos uma imprensa muito ativa na cidade. Tudo o que tem responsabilidade e compromisso com a população nós temos que dar respaldo”, afirmou.

Ao lado dos vereadores Kamila Rocha e Sandro Bigossi e de assessores da casa, o presidente disse que “É um desafio aos 28 anos, estar à frente de uma casa de leis na cidade onde eu nasci”, disse ele que afirmou estar corrigindo problemas encontrados. “As contas não fechavam nos gabinetes e a forma não estava coerente. Fizemos novos cálculos, reduzimos e engessamos os cargos dos gabinetes. Certo é certo e errado é errado. Nossa gestão está buscando ser bem transparente”, disse.

Presidente atendeu a imprensa ao lado dos vereadores Kamila Rocha, Sandro Bigossi e de assessores da casa.

Ele afirmou que agora a Câmara funciona em tempo integral de 8h as 18. “Temos 50 funcionários que estão trabalhando. Funcionário que não trabalhar está fora da gestão. O sistema é político, mas não pode ser a “deus dará””, falou.

Wendel prometeu também mudanças estruturais na casa. “Nós estamos trabalhando e nos próximos meses a casa já estará de cara nova. Vamos mudar o espaço físico da casa, vamos modernizar, vamos ter uma câmara diferenciada. Nós próximos meses vocês vão perceber essas modificações”, disse.

Marionete. Durante a entrevista, o presidente fez questão de dizer que não é marionete do prefeito Edson Magalhães (PSD). “Quero deixar bem claro que cheguei aonde cheguei pelo trabalho em movimentos comunitários e políticos. Eu não fui pego por uma pessoa e fui colocado para atuar. Eu simplesmente me aliei a alguém. Eu não sou subordinado e nem marionete de alguém. Estou aqui determinado a ser político e estar na política e fazer pela cidade. A ajudar o prefeito a desenvolver essa cidade. Essa é a teoria e essa é a realidade da nova casa de leis de Guarapari”, enfatizou.

Diversos profissionais da imprensa local estiveram na coletiva convocada pelo presidente da Câmara Wendel Lima.

O presidente deixou claro que não vai se abalar com criticas de bastidores. “Se alguém está pensando que vai me tirar do controle, fazendo caricaturas pelas redes sociais, que vai me atingir, está muito enganado. Muito pelo contrario, me deixa até feliz, pois quem incomoda é lembrado. Sinal que nosso trabalho está incomodando alguém. Fico feliz que está incomodando. Sinal que a população está aplaudindo. A transparência é a palavra chave da nossa gestão”,

Wendel finalizou dizendo que estará sempre aberto ao diálogo. “Me relaciono muito bem com a imprensa. Eu não acho legal quando a pessoa usa o seu meio de comunicação para destruir a imagem de A, B ou C. Acho que a imparcialidade sobressai, se destaca e é bem positiva. Político que  não sabe dialogar e contribuir, é um político sem sucesso”, esclareceu e completou. “Estamos trabalhando para errar menos”.